origem

terça-feira, 13 de março de 2012

A vergonha no futebol português

Ontem à noite os clubes que fazem parte da Liga Portuguesa de Futebol aprovaram algo que muito provavelmente é das situações mais aberrantes que já alguma vez sucederam no futebol português. Pois imagine-se, que foi aprovado o alargamento na Liga Zon Sagres de 16 para 18 equipas. Nada de chocante, pensam os leitores. A questão é que este alargamento foi aprovado com a condição de que nenhuma das equipas será despromovida este ano para a Liga Orangina, o que constitui um golpe profundo na já deteriorada verdade desportiva do nosso campeonato. Qual é o sentido de premiar o demérito desportivo em vez da competitividade? Que pensarão os clubes que lutam pela promoção na Liga Orangina? Certamente que os 3º e 4º classificados mereceriam muito mais a participação na Liga Zon Sagres do que equipas que vão descansar o resto do campeonato à sombra da bananeira. Que motivação para os jogos terão estas equipas que já têm garantida a permanência desde já? E até é na minha visão o Benfica o maior beneficiado com esta questão, pela simples razão que vai defrontar mais equipas no fundo da tabela que os rivais directos, mas não gostaria nada que fosse associada ao Benfica esta pouca vergonha que certamente vai correr ainda muita tinta e causar grandes polémicas. Espero ardentemente que esta decisão seja anulada pelos órgãos com autoridade para tal.

Outra situação vergonhosa prende-se com as declarações de um certo delegado da Liga, de seu nome Manuel Armindo. Este andrade, que não tem outro nome, escreveu na sua página pessoal no Facebook que o Benfica tinha sido beneficiado na Mata Real (como se não tivessem chegado os 3 penaltis por marcar a favor do Benfica durante os 90 minutos!!!!), usando termos como "porco", "chulo" e "orelhas" para se referir a Jorge Jesus e a Luis Filipe Vieira. É este género de "pessoa" que observa árbitros e classifica as suas arbitragens em jogos da Liga. Como é possível passar seja pela cabeça de quem for que personagens como esta são imparciais e neutras na hora de avaliar um tema tão polémico como a arbitragem portuguesa? Só em Portugal.

O sistema vai dando provas consistentes de estar bem vivo, e o súbito renascer do Benfica na luta pelo título parece que está a assustar muita boa gente. É vital que haja uma reacção do Benfica a estas situações, não pode haver só queixas quando perdemos. É quando ganhamos que temos legitimidade para protestar!

Tiago S.(Saviolafication)

3 comentários:

  1. Não estou de acordo que o Benfica seja o maior beneficiado com esta questão. É que os ditos clubes do fim da tabela, vão jogar descontraídos,e poderão ser mais complicados.
    Fernando Braz

    ResponderEliminar
  2. Vão jogar descontraídos como muito bem disse. Imagine se tivessem a lutar pela permanência, os quilômetros extra que corriam?

    ResponderEliminar
  3. Saviolafication, não queres reformular o teu post? A FPF deitou por terra a proposta da Liga. Como tal, aconselho.te a retratares-te com um novo post.
    Um abraço

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.