origem

segunda-feira, 26 de março de 2012

Mensagens

Não vi o jogo na sexta (ainda bem para o meu coração!). Não vi o jogo ontem. Perante ambos os resultados só posso dizer que Benfica e Porto não merecem ser campeões. Um e outro já tiveram este campeonato na mão. Surpreendentemente, em ambos os casos nunca conseguiram segurar vantagens pontuais que tinham tudo para ser decisivas.

Duas mensagens para o Benfica:

  1. A jogar assim não vale a pena queixas sobre arbitragem. Como questionamos a competência dos outros se não conseguimos ser nós próprios competentes? Os campeonatos perdem-se nos jogos com os pequenos...
  2. Já estamos carecas de saber que temos de jogar muito melhor que os outros. Isto acontece em parte pelo nosso silêncio quando somos atacados por todos os lados. As campanhas lançadas a devido tempo, estão a surtir os seus efeitos, sempre com o nosso cúmplice silêncio. 



PS: O penalty sobre Hulk no jogo de ontem é demasiado óbvio, sendo uma aberração a decisão do árbitro. O mesmo para o penalty sobre o Luisinho. É isto árbitro de primeira categoria? Que fraco. 

2 comentários:

  1. Não viste o jogo mas criticas a exibição?
    Não viste o jogo e dizes que não se pode criticar a arbitragem por causa da exibição?
    Concordo com o nosso silêncio nos ser prejudicial.
    Saudações Gloriosasa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      Não vi este, mas vi os todos os anteriores fora de casa. E por meio dos resumos que vi, dos relatos que ouvi, e das várias opiniões que fui ouvindo e lendo de benfiquistas em quem confio, posso afirmar com certeza que devíamos ter jogado mais do que jogámos. O nosso primeiro remate perigoso foi quando? Quantos remates fizemos à baliza? É demasiado mau para ser culpa "só" do gajo do apito.
      A partir daí faço o comentário em 1. Criticar a arbitragem sim, mas apenas depois de fazermos o que nos couber fazer para ganhar. É um filme já muito visto para eu não saber o guião...

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.