origem

quarta-feira, 21 de março de 2012

A falta que faz Pedro Proença e as Contradições dos Senhores do Norte

Dado que o meu amigo Nuno já se encarregou de analisar o jogo em si de ontem, bem como outras actualidades do mundo encarnado, vou apenas falar de algumas incongruências que achei engraçadas no jogo de ontem.

Como diz um adepto peculiar do Benfica: "já te tinha dito oh Proencinha que é feio andares a roubar", felizmente Artur Soares Dias não quis imitar o seu caro colega de arbitragem e exibiu-se a um nível bastante aceitável, apesar de ter cometido alguns erros, o que é quase impossível de se evitar.

Como já sabem o Benfica ganhou, o Porto perdeu e como não podia deixar de ser, imediatamente o bode expiatório encontrado para justificar um "banho de bola" foi a arbitragem. Mas a chamada estrutura já conheceu melhores dias, senão vejamos:

Antes do clássico Pinto da Costa tinha referido que a competição não era prioritária e que o Porto até deveria jogar com os suplentes. A verdade é que o Porto apresentou-se praticamente na máxima força e inclusivamente Hulk fez os 90 minutos. Depois do embate, Pinto da Costa deixou críticas à arbitragem (parece que afinal a competição tem importância suficiente para se condicionar mais um pouco a prestação dos árbitros) ao mesmo tempo que fazia afirmações ridículas como "já nos livrámos desta". Contrastando com esta posição de Pinto de Costa, Vitor Pereira e os jogadores bem pelo contrário, exibiam uma postura digna de final da Liga dos Campeões. O treinador portista festejou os golos da sua equipa efusivamente acompanhado do seu banco de suplentes, tal como os jogadores de campo que inclusivamente provocaram o público nas bancadas do Estádio da Luz com gestos, o que para um jogo de carácter secundário é de estranhar. Já na conferência de imprensa, um Vitor Pereira que mal conseguia articular 2 palavras (provavelmente ainda estava indignado) criticou mais uma vez as arbitragens, referindo os "bloqueios" do Benfica como a causa da vitória. O Benfica que tenha cuidado que não pode marcar golos de livre a partir de agora.

Atitudes estranhas para quem afirmava que este jogo tinha a mesma importância que um jogo-treino. E com base nelas, acredito que esta vitória do Benfica ainda vai ter consequências negativas para o Porto no campeonato, a única competição que ainda têm hipótese de ganhar.

Tiago S. (Saviolafication)

4 comentários:

  1. Amigo Nuno? Agora escreves noutro blog também? :P

    Quanto ao tema, totalmente de acordo. A Taça da Liga só vai ser gabada pelos adversários a partir do momento que um deles a ganhe... Tough shit...

    ResponderEliminar
  2. Já repararam que o MOURINHO 3º ( o 2º foi corrido do Chelsea...) nas entrevistas rápidas não se referiu ao árbitro e logo a seguir na sala apareceu a gritar que tinham sido roubados???!!! Tá-se mesmo a ver que nesse lapso de tempo foi picado
    pela abelha-mestra do Pinto Viagra...

    ResponderEliminar
  3. Pah ja sabes que eu mando uma calinada por post, neste foi essa... ando mesmo com a cabeça na lua.

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.