origem

segunda-feira, 19 de março de 2012

Porque o SL Benfica não é só Futebol...

Apesar de alguns resultados positivos considero a última semana negativa para as modalidades do SL Benfica.
Começo a minha análise pelo Futsal encarnado. Na passada quarta feira, o Benfica carimbou o acesso à final da Taça de Portugal, após ter batido o Freixieiro por 4-1, no pavilhão da Luz. Uma exibição bastante positiva da nossa equipa, deveras segura, tendo criando numerosas oportunidades de golo. O Benfica chegou a vencer ao intervalo por 1-0, com golo de Diego Sol, numa excelente combinação do ataque benfiquista. O Freixieiro reagiu no início da 2ª parte, empatando a partida a 1 golo. Mas o conjunto encarnado logo reagiu e acabou por vencer com naturalidade por 4-1 com golos de Diece(2) e Dentinho.
No sábado, mais uma vitória por 7-1, na Luz, frente ao Boavista, em jogo a contar para o campeonato. Vitória da equipa mais forte, apesar de alguns calafrios iniciais. Os golos foram apontados por: Ricardinho (2), Davi(2), Dentinho, Diego Sol e Marinho.

O Andebol do Benfica teve mais uma semana negativa, o que já não surpreende. Empatou 22-22 na Luz frente ao rival Sporting em jogo a contar para a 2ª jornada da Fase Final do campeonato. Efectuamos uma boa 1ª parte, com boas acções ofensivas, apoiadas numa excelente exibição de Ricardo Candeiras na fase defensiva do jogo, que levaram o Benfica a vencer para o intervalo por 13-10. Na 2ª parte assistiu-se a algo habitual nesta equipa. Desorganização do jogo, pouca agressividade defensiva e uma má arbitragem levaram ao empate final. Destaque para os 10 golos do David Tavares. O titulo é apenas uma miragem. Creio que seja necessária uma “vassourada” nesta secção.
No fim-de-semana, uma derrota esperada frente ao HC Celje Lasko por 29-23, na Eslovénia, em jogo a contar para a 1ª mão dos quartos-de-final da Taça das Taças. É uma eliminatória perante uma equipa bastante forte e habituada a estas andanças. Poucas hipoteses tínhamos antes da 1ª mão e muito poucas temos depois desta partida disputada. Objectivo é tentar vencer o encontro da 2ª mão. Nas competições europeias cumprimos os objectivos.

Mais uma grande desilusão no Basquetebol. Um fracasso esperado para quem segue atentamente o desempenho da nossa equipa. Ficamos pela meia-final na “Final 8” da Taça de Portugal, realizada em Fafe.
Nos quartos-de-final vencemos por 102-55 a equipa do Terceira Basket. Fizemos apenas a nossa obrigação perante uma equipa com apenas 1 americano e que está em penultimo lugar no campeonato.
Na meia-final perdemos por 62-66 frente ao Porto, na final antecipada da competição. Foi um jogo muito fraco qualitativamente falando, mas com forte carga emocional.
O Benfica teve uma boa 1ª parte. Defendemos bem (coisa rara esta época) e no ataque estivemos muito eficazes no tiro exterior, o que nos permitiu chegar ao intervalo a vencer por 38-32. Na 2ª parte do jogo, o nosso tiro exterior esteve ausente e a defesa bem menos agressiva e concentrada, o que permitiu ao Porto alcançar o Benfica no marcador. A faltar 15 segundos para o fim do jogo, e com o resultado num 62-62 e posse de bola para o Porto, o Benfica decide fazer falta de propósito e leva o Porto para a linha de lance livre, na qual o Porto foi eficaz e fez o 62-64 a 10 segundos do fim. O Benfica tinha, então, a última posse de bola. Num lance muito mal organizado, Ted Scott tenta resolver - sem sucesso - e o jogo fica resolvido. Desde já digo - e não é porque perdemos - que não concordo com o facto de se “fazer falta” com o resultado empatado a 15 segundos do fim. A última posse de bola é o espelho do Basquetebol do Benfica desta época: desorganização total e falta de liderança forte.

Tivemos a 1ª derrota da época no Voleibol. Perdemos, nos Açores, frente à Fonte Bastardo, por 3-1 (17-25; 25-16; 25-22; 26-24) num jogo a contar para a 4ª jornada da 2ª fase do campeonato. O jogo não foi transmitido e por isso pouco posso dizer acerca do mesmo. Esta derrota neste momento até pode ser “boa” para a equipa. Deve servir de alerta que este campeonato está longe de ser o passeio que muitos afirmam. Eu continuo a confiar muito nesta equipa.

Por último, fica o nosso Hóquei em Patins. Vitória importante, por 2-8, na Alemanha, frente ao Iserlohn, em jogo a contar para a 5ª jornada da Liga Europeia. Uma vitória esperada e tranquila que nos permitiu chegar à liderança do grupo. Os golos foram de: Cacau(2), Diogo Rafael, Valter Neves, Carlos Lopez, Sérgio Silva, João Rodrigues e Luis Viana.
Fica tudo para decidir na última jornada do Grupo, onde iremos receber o VIC na Luz.

SPORT LISBOA E BENFICA!!! 1904!!!

1 comentário:

  1. Foi uma semana negativa, há que reconhecê-lo. Especialmente no Basquetebol e no Andebol, onde se viu claramente que não vamos atingir o almejado campeonato. O Futsal vai lançado e não me parece que este ano a dobradinha fuja, a menos que exista uma desconcentração geral na altura das decisões.
    A derrota do Voleibol nos Açores é bastante boa. Temos de longe a melhor equipa, mas ter uma derrota nesta altura em que podemos recuperar "facilmente" é infinitamente melhor, que sofrer derrotas quando já não o podemos fazer. E acho que veio na melhor altura para nos manter focados em trabalhar, pois o desleixo competitivo que vem de se defrontarem sistematicamente equipas muito mais fracas, iria fazer estragos irremediaveis lá mais para a frente. Espero que a equipa responda à altura (tal como sempre respondeu).
    Já o hoquei continua a surpreender-me pela positiva, tendo conseguido aliar bons jogos a bons resultados e apesar de muitas vozes discordantes em relação ao treinador, parece-me que desde que chegou demos um grande salto qualitativo para melhor. A continuar por favor

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.