origem

sábado, 17 de março de 2012

Benfica 3-1 Beira Mar - Velocidade Cruzeiro

Ontem o Benfica levou de vencida o conjunto aveirense por 3-1, numa vitória que não tem a mínima contestação, senão vejamos: o primeiro remate do Beira-Mar na direcção da baliza aconteceu já a meio da segunda parte, para uma intervenção fácil de Artur, e não voltariam a rematar até ao tento de honra já nos descontos. O Benfica apresentou-se com um onze bastante ofensivo, que teve como principal novidade a colocação de Witsel a defesa-direito e a dupla de avançados, com Cardozo e Nelson Oliveira a formarem uma dupla inédita no campeonato, com sucesso. Aliás, tanto o jovem português como o matador paraguaio estiveram inspirados, tendo Cardozo contribuído com 2 golos e uma assistência e Nelson Oliveira com uma assistência fantástica de calcanhar para o 3-0, naquele que foi o 2º golo de Cardozo e o seu 25º esta temporada, golo que serviu para voltar a ultrapassar Lima na liderança dos marcadores no campeonato, com 18 golos.

Voltando à análise do jogo, o Benfica venceu facilmente sem nunca ter necessidade de acelerar muito. O golo de Cardozo tirou o nervosismo aos perto de 34 mil adeptos que se deslocaram à Luz e o golo de Gaitán já perto do intervalo praticamente matou o jogo e retirou qualquer esperança que o Beira-Mar pudesse ter acalentado até ao momento. Com o 3-0 pouco depois da reentrada das equipas em campo para a 2ª parte, o Benfica limitou-se a gerir o resultado e a poupar esforços para as semanas extenuantes que se avizinham. No final pode-se dizer que o Benfica se desleixou um pouco o que permitiu ao Beira-Mar subir no terreno e acabar por marcar na única real ocasião de golo que tiveram, um remate já dentro da área a que o Artur se ainda opôs mas sem sucesso.

O objectivo principal de não perder nem um ponto que seja foi cumprido. Agora venha a meia-final da Taça da Liga!

Tiago S.(Saviolafication)

2 comentários:

  1. Da canela até ao pescoço17 de março de 2012 às 14:38

    Continuas em grande saviolafication.
    Excelente análise mais uma vez.
    A continuar assim, onde vais parar? Espero q a um bom sítio...Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. Foi um bom jogo da nossa parte, mas também o adversário não se mostrou capaz de nos criar dificuldades. Contra estas equipas de fraca qualidade ofensiva, o esquema idealizado por Jesus (vulgo táctica suicida) resulta em 99% dos casos.

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.