origem

sexta-feira, 9 de março de 2012

Para reflectir

Rúben Amorim deixou bem claro que não saiu do Benfica por jogar pouco, mas em claro conflito com Jorge Jesus. E deixou bem claro que com Jesus ao leme, não regressa ao clube. Não sei quem tem razão no conflito mas parece-me que o afastamento de Rúben do grupo foi mesmo a melhor opção (embora não concordando com o destino para onde foi)
Quero deixar claro, de uma vez por todas, que não foi por esse motivo [jogar pouco] que deixei o Benfica para vir para o Sporting de Braga. Se acredito que com Jorge Jesus no comando técnico posso voltar ao Benfica? Não gosto de falar disso, mas é óbvio que não. É óbvio para mim e para o Benfica. A melhor opção que tomei foi vir para o Sporting de Braga
Palavras destas são fortes, e apesar do jogador até poder ter alguma razão do seu lado, são claramente uma forma de denegrir o Benfica. A altura destas declarações não é de todo inocente. Deveria ter dito isto aquando da sua apresentação em Braga...

Em minha opinião, não é de todo uma minudência, e demonstra bem a capacidade de lavagem cerebral que o Braga adquiriu nos últimos anos. A exemplo, aliás, do que acontece um pouco mais a Sul...
Temos de reflectir seriamente, se é com este tipo de clube que nos queremos dar "bem".

ADENDA:
As palavras acima transcritas referem-se a uma noticia, em que eu pensei que tivessem sido Transcritas as palavras do Rúben.
Aqui ficam as verdadeiras palavras de Rúben Amorim à CS que retirei da Rádio Renascença. O sentido está lá, mas a intensidade que puseram nas palavras acima é digno de um filme do Hitchcock.

Não.... Muito se falou sobre isso. Essa não foi a razão de eu sair do Benfica. Foram outras razões. Acho que já é tempo de deixar isso bem claro. Foram outras razões que me levaram a sair do Benfica. Agora se aumentam ou não, não sei. Vamos ver no futuro. 
Jornalista pergunta: Acha que, continuando Jorge Jesus no Benfica, será impossível o seu regresso ao Benfica?
 Não, eu nem gosto de falar sobre isso. Acho que isso é óbvio. Agora, não há que falar muito sobre isso, isso é óbvio para toda a gente, é óbvio para mim e para as pessoas do Benfica. Agora, estou no Braga, estou muito feliz. Acho que foi a melhor opção que eu podia fazer para a minha carreira neste momento, foi o Braga e estou extremamente satisfeito.

2 comentários:

  1. Ceder a um futebolista da plantilla, por motivos disciplinarios, a um dos máximos rivais pelo título é uma operação que não pode se entender, é pior que um tiro no pé. O futebolista fica ademais com rancor e com vontades de vingança -isso é humano-. Fará quanto possa pára que o Benfica não seja campeão e que o seja o Braga.
    Se tratava-se de um castigo, ¿por que não se cedeu ao Beira-mar ou a algum da Une Orangina, ou ao Granada? Nunca a um rival directo.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o que escreves quando dizes: "Em minha opinião, não é de todo uma minudência, e demonstra bem a capacidade de lavagem cerebral que o Braga adquiriu nos últimos anos. A exemplo, aliás, do que acontece um pouco mais a Sul...". De facto, na minha opinião, existe muita lavagem cerebral para aqueles lados. Ser o Ruben Amorim e nesta altura tem a sua razão, tem o seu propósito. Todavia, penso que isso não é o único problema.
    As pessoas têm o seu caracter, a sua personalidade, a sua maneira de ser e isso nunca poderá ser abalado ou distorcido, ou seremos uns bonecos.
    Dos 3 jogadores que recentemente trocaram o vermelho do Benfica pelo do Braga, um deles nunca disse de grave contra nós, não nos faltou ao respeito. Estou a falar, claro está, de Nuno Gomes. Confesso que fiquei magoado, ainda estou, pela sua escolha. - Nuno, podias ter escolhido tantos clubes e foste logo escolher um dos 3 proibidos.
    Anyway, nunca nos faltou ao respeito ou disse palavras menos agradáveis para connosco ou para com algum profissional nosso (pelo menos para os microfones). Isto faz dele um senhor! Já o Ruben é um menino. O facto de ter falado agora e serem estas as palavras demonstra que é fraco mentalmente e não é uma pessoa com valores há Benfica! Talvez um dia aprenda, pode ser é tarde!

    Marco Guimarães

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.