origem

domingo, 29 de setembro de 2013

Porque continuo em ano sabático deste Benfica


Benfica: Mais um jogo que não vi e mais uma vez que dei o tempo por bem empregue.

Mas como nunca conseguirei ficar indiferente a este clube, aqui ficam umas notas que talvez expliquem porque nos encontramos assim.

  1.   Sem exigência nos sócios, não há exigência em quem dirige. São estes os maiores culpados. Deixam-se comprar com palavras bonitas e promessas levianas. Não ganhamos dois campeonatos com o pássaro na mão e vêm falar de Champions? Temos grandes vendas, mas os prejuízos aumentam sempre. Que assim continuem que o Benfica desaparecerá definitivamente...
  2.   Ter um presidente que em dois meses se contradiz 50 vezes é de génio mesmo. Nem podia ser inventado. O homem que não fala de arbitragens e que só aparece nas derrotas, lá veio dar (mais) uma entrevista assim que se reduziu a diferença pontual para o Porto... Só podia dar mesmo merda. Ainda por cima quando na entrevista à BenficaTV disse o contrário em muitas matérias... A espinha dobra mas não dobra sozinha...
  3.   O que agora se passa no futebol do Benfica já era esperado. Quase todos viram que não havia condições para o técnico continuar. Mas continue-se a pagar um salário principesco para ter resultados medíocres. É o "novo" Benfica em todo o seu esplendor... Dar de mamar a muita gente com prejuízos constantes para o clube
  4.   Mais uma semana em que há ajudas ao Porto e o Benfica é prejudicado. Mas queixar-mo-nos das arbitragens parece não ter sentido quando se apoia (e continua a apoiar) um corrupto (ainda agora recebeu o merecido Dragão d'Ouro). Quando se refere várias vezes que agora os árbitros estão muito melhores. que se impediu um golpe de estado na arbitragem. que o Proença até é um gajo porreiro. Quem não tem poder absolutamente nenhum queixa-se, mas que efeitos práticos tem isso quando ninguém leva o presidente do Benfica a sério?
  5.   Quando daqui a meia dúzia de anos o Porto nos ultrapassar em títulos de campeão, "ninguém" achará estranho ou sequer se revoltará. Foi dos árbitros dirão em uníssono... Foi do tempo. É do treinador. É dos jogadores. Afinal quem poderá julgar quem governa pelos títulos não conquistados? (aparatosos por sinal)

É com tristeza que vejo que cada vez mais isto me faz mal. Muita tristeza em verificar que afinal o melhor foi mesmo desligar-me disto, porque afinal de contas, perder anos de vida com frustrações atrás de frustrações, sendo contra quase tudo aquilo em que se transformou o clube, e não vendo que o panorama vá mudar nos tempos mais próximos, é de um ser louco e masoquista. Como não sou nenhum dos dois assim continuarei de ano sabático. É o que este Benfica me merece.

PS: As quotas do clube continuarão a ser integralmente pagas, como tem de ser.