origem

domingo, 20 de março de 2016

Estrelinha ou sorte?

Um jogo péssimo no Estádio do Bessa. Nenhuma equipa fez o minimo que fosse para vencer o jogo. Um golo caído do céu (literalmente) que mantém o Benfica na frente da classificação.

Um resumo bastante aproximado do que foi o jogo de hoje. Não jogámos nada bem, perdidos no meio da teia boavisteira, sem criatividade ou soluções para desbloquear um jogo que se antevinha bastante difícil. E difícil foi, cheio de perdas de tempo, faltinhas, jogo muito mastigado de parte a parte, e quase zero motivos de interesse.

Rui Vitória escalou mal o onze hoje (embora tenha corrigido com as substituições). Sálvio é claramente para ir entrando, até ter o ritmo necessário (pondero mesmo se não seria bom jogar um jogo pela B para ganhar esse ritmo). Nélson Semedo esteve muito trapalhão e Renato Sanches fez o pior jogo que lhe vi de águia ao peito. A equipa esteve sempre desligada em campo, muito presa aos arames armados pelo adversário.

No ataque Jimenez e Jonas pouco mais foram que corredores atrás da bola, sem espaço ou engenho para fazer mehor. Mas quem tem Jonas na equipa sabe que o avançado brasileiro pode resolver o jogo de qualquer lado e a qualquer hora. E foi isso que aconteceu. O nosso melhor marcador, aproveito uma assistência primorosa de Carcela e fez o resultado do jogo, com a calma olimpica a que já nos habituou.

O nosso melhor jogador foi sem duvida o Guarda-Redes Ederson. Nem tanto pelo que defendeu (que não foi quase nada) mas pela extrema segurança que emprestou à equipa em momentos em que podiamos ter perdido o norte.

Continuamos na frente, mas este jogo foi um aviso muito sério à navegação. Não podemos ter mais desempenhos destes, porque da próxima vez é bem provável que nem o santo Jonas nos valha...