origem

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Pavilhão Encarnado - 21/12/2012

Esta semana apenas temos um jogo nos nossos pavilhões. Pouco para quem gosta de ir lá, mas ainda assim bom para matar saudades.

  • Futsal
A nossa equipa defronta o Fundão na 11ª jornada do Campeonato Nacional. O jogo realiza-se no Pavilhão nº 2 e tem inicio marcado para as 11:20h da manhã deste Sábado. Depois de recuperar o 2º lugar na jornada passada, é tempo de consolidá-lo e não perder pontos até ao jogo com o Sporting. Temos muito trabalho pela frente e é fundamental não o aumentarmos. Os preços são os habituais.

Força Benfica! Rumo aos Títulos!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O Fim do Mundo no Benfica

Agenda

  • Madrugada
00:00h - Inicio das festividades com descerramento de placa alusiva no Estádio da Luz.
00:05h - Discurso de Luis Filipe Vieira junto à Estátua do Eusébio, onde apresentará garantias de que o fim do mundo não impedirá o Benfica de ser Campeão Nacional.
01:00h - Workshop "Na mente de Jesus" na Sala de Imprensa, com a presença de Jorge Jesus, versando sobre os métodos de treino para potenciamento de pedras em meteoritos.
03:03h - Sessão "Aprende com o Rei Artur", subordinado à temática de "Defesa de Meteoritos com Luvas molhadas". Presença garantida de Artur Moraes na Baliza do topo Norte. 
Ao mesmo tempo, na baliza do Topo Sul, sessão "Deus perdoa, Tacuara não", com a presença de Óscar Cardozo, subordinada à temática de "Remates Violentos em Tsunami contrário".
05:00h - Visita ao jazigo de Cosme Damião, antes da passagem das lavas.
06:00h - Pausa para pequeno almoço, com os Chefs Sidnei e Bruno César.

  • Manhã
08:00h - Discurso de Luis Filipe Vieira no pavilhão nº 2, com destaque para os planos de reconstrução do Estádio da Luz em Marte. Presença assegurada de Domingos Soares Oliveira para a descrição financeira da operação, de João Gabriel para a descrição do marketing utilizado e de Pedro Guerra para a difusão da ideia aos associados.
09:45h - Último treino à porta aberta apenas com portugueses no relvado principal. Rui Costa marcará presença sendo o joker.
11:30h - Visionamento do filme E.T. nos ecrãs do Estádio e dos pavilhões, com comentários técnicos de Raúl José e José Eduardo Moniz. A iniciativa pretenderá informar os sócios das caracteristicas da mudança planeada para a Liga inter-galáctica.
Ao mesmo tempo haverá uma actividade para os mais novos, "Escolhe a tua Estrela", em que a pequenada poderá nomear um atleta benfiquista para a guiar pelo Labirinto Magnético construído especificamente para este evento.

  • Tarde
13:20h - Pausa para almoço, novamente com os Chefs Sidnei e Bruno César.
15:00h - Sessão "Vem ver a Maré Encarnada", com directos dos Tsunamis e Erupções Vulcânicas em que participem benfiquistas. Especial destaque para o Circulo de Fogo que tem parceria com o Inferno da Luz.
16:15h - Sessão "Inferno Encarnado" subordinada ao tema "Ambiente no Estádio da Luz", com especial relevância para o aumento da temperatura no recinto.
18:00h - Discurso de Luis Filipe Vieira no Museu do Benfica Cosme Damião. Não haverá temática subjacente, apenas uma reflexão do presidente.
19:00h - Pausa para jantar, mais uma vez com os Chefs Sidnei e Bruno César. Espectáculo especial com mais uma chuva de meteoritos encarnados. Vilarinho marcará presença.

  • Noite
21:00h - Concerto "Por um Mundo Melhor" organizado pela Fundação Benfica, com a presença de vários artistas, de entre os quais se destacam Jorge Máximo na poesia cantada, "Trio Maravilha" composto por Bruno Carvalho, Carlos Quaresma e Vale e Azevedo, com o seu show "Musicalidade dos Números". Encerramento do concerto a cargo do próprio Luis Filipe Vieira, com o seu acto "Espirito de Missão"
23:00h - Desfile "Miss Fim do Mundo Benfica".
23:30h - Oferta de Vinhos Benfica a todos os presentes, com limitação de uma garrafa por participante. Exposição "O Fim do Mundo", com fotografias tiradas durante o dia.
23:50h - Discurso de encerramento a cargo de Luis Filipe Vieira. Enfoque especial para a retrospectiva de 11 anos de trabalho.
24:00h - Fim do mundo

PS: Se alguém se sentir ofendido com esta brincadeira. faça o favor de se expressar na caixa dos comentários.

Nova história na forja

Em 1993/94 foi assim:


Em 2012/13 como será?


O que é o Benfica

O Benfica é isto!


terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Porque o Benfica não é só Futebol

Fim de semana bom para as nossas modalidades, depois de um mau fim de semana passado. Todas as modalidades venceram, à excepção do Hóquei em Patins que empatou, pelo que lá vamos seguindo dentro dos nossos objectivos.

Andebol
A nossa equipa de Andebol foi a Ilhavo vencer o clube local por claros 38-24 em jogo da Taça de Portugal. Foi a melhor resposta à derrota no Dragão e uma forma de recuperar alguns índices de confiança. Num jogo dominado quase de principio a fim, o Benfica soube fazer o que lhe competia, mantendo vivo o objectivo de conquistar novamente esta Taça de Portugal. Continuo a ter plena confiança na equipa para que se alcance este objectivo.

Basquetebol
Em jogo da nona jornada do campeonato, o Benfica recebeu e venceu a Fisica por claros 85-61. Com o resultado a estar em torno dos 30 pontos de vantagem durante largos períodos da segunda parte, foi natural algum relaxamento na parte final da partida. É de realçar, que no primeiro período do jogo, o Benfica simplesmente não existiu defensivamente, perdendo ressaltos na nossa tabela quase sempre. Melhorámos muito neste aspecto para os períodos seguintes o que explica que de 25-20 no final do primeiro periodo tenhamos passado para uns claros 43-26 ao intervalo. Com alguns lances de espectacularidade, foi agradável de seguir o jogo.

Futsal
O Benfica recebeu os Piratas de Creixomil por 5-1. O jogo não se realizou em Lisboa, mas sim no Luso, pelo que não tive oportunidade de o ver. No entanto, parece-me que uma vitória é sempre boa, após um desaire como aquele que tivemos em Braga há uma semana. Temos muito trabalho pela frente e é muito importante que façamos a nossa parte. Temos de acabar a fase regular, pelo menos em segundo lugar.

Hóquei em Patins
Em jogo da 3ª jornada da Liga Europeia o Benfica recebeu o Viareggio de Itália e no final o resultado saldou-se por um empate a 4 bolas. Estive no pavilhão da Luz e é confrangedor como não aproveitamos as oportunidades de bola parada de que dispomos, mais por aselhice nossa que mérito do adversário. E contra esta equipa do Viareggio foi essa a diferença. Os nossos golos nasceram quase todos de excelentes remates de meia distância, mas na hora de matar o jogo nas bolas paradas, não o soubemos fazer. O Viareggio aproveitou quase todas essas oportunidades e acabou por nos fazer pagar caro. Continuamos na liderança do nosso grupo, mas temos dois jogos bastante difíceis em Itália e Espanha. Vamos ter de melhorar neste capitulo se queremos sair com resultados positivos.

Voleibol
Mais uma jornada dupla do nacional, com o Benfica a receber o Clube K e a visitar o Leixões. Duas vitórias concludentes por 3-0, na nossa já natural caminha triunfante na primeira fase do campeonato. É absolutamente degradante ver o estado a que chegou esta modalidade, com apenas um clube a mostrar interesse em elevar o nível. O Clube K apresentou-se no pavilhão da Luz com apenas 7 jogadores, o que diz bem das diferenças existentes. As diferenças em todos os sets (com diferenças de mais de 10 pontos) diz bem da qualidade que temos e que lhes falta (aos adversários). Este ano não há volta a dar. Temos de ser campeões!

Força Benfica! Rumo aos Títulos!

Olho de Águia - Braga vs Porto

Em jogo da décima jornada da Liga Zon Sagres, jogo grande em Braga, com o Porto a defrontar o Sporting local. Com uma péssima arbitragem de Carlos Xistra, os portistas saíram de Braga com mais três pontos. O árbitro não esteve novamente em dia bom, à semelhança do que se passou em Coimbra na 4ª jornada.

O vídeo está disponível para download em:
http://rapidshare.com/files/2083424694/LigaZonSagres_12-13_10_SCBvsFCP.rar
A palavra passe é socioencarnado
  • Resumo
Carlos Xistra teve uma noite para esquecer em Braga. Dualidade de critérios, permissividade no capitulo disciplinar, faltas por marcar, ao contrário e mal marcadas, enfim, de tudo um pouco, incluindo expulsões perdoadas e penalties por assinalar. Inclusivamente atingiu o ridiculo de acabar a primeira parte sem dar desconto, antes do Porto marcar um livre perigoso e quando a falta que originou o livre tinha sido um minuto antes. Xistra voltou a mostrar o quão incompetente é, sem critério algum, ao sabor do vento. Permitiu quase tudo a Ismaily e Fernando que saem do jogo com apenas um cartão amarelo.
  • Lances Bem ajuizados
3' - Otamendi está em jogo no momento do passe de Lucho.
9' - Alan parte em claro fora de jogo aquando do passe de Douglão.
12' - Rubén Micael controla a bola com o braço. Não justificava o amarelo.
38' - Amarelo bem mostrado a Fernando por derrubar Rubén Micael sem bola. Seria o 2º e consequente expulsão.
47' - Não há qualquer falta de Salino sobre Varela na área. No ombro a ombro o portista foi mais fraco e caiu.
52' - Amarelo a Custódio por agarrar James, quando este saia para o contra-ataque.
55' - Éder controla a bola com o braço. Tal como com Rubén Micael não se justificava o amarelo.
71' - Amarelo bem mostrado a Ismaily por derrubar James depois deste passar por ele. Finalmente admoestado Ismaily, depois de algumas situações que Xistra deixou passar em claro. Seria o 2º, caso tivesse visto amarelo numa das situações anteriores.
87' - Amarelo a Salino por derrubar Fernando quando este saia para o contra-ataque.
  • Lances Mal ajuizados
13' - Douglão derruba Varela quando este ia criar perigo pelo flanco esquerdo. Amarelo por mostrar.
18' - Fernando devia ter visto o amarelo por derrubar Rubén Micael, quando este saia para o ataque.
20' - Rubén Micael devia ter visto amarelo pela falta perigosa sobre Lucho. Bem o árbitro a dar a lei da vantagem mas deixou o cartão amarelo no bolso.
21' - Alex Sandro corta o remate de Alan com o braço. A equipa de arbitragem deu canto, quando se impunha a marcação de penalty e amarelo para o jogador do Porto. Não era situação para vermelho directo.
31' - Otamendi joga a bola cortando a iniciativa de Éder. Não há qualquer falta.
45' - Amarelo por mostra a Alan por falta perigosa sobre Varela. O bracarense iria ver outro amarelo já no final do jogo que seria o segundo.
45' + 1' - Xistra acaba a primeira parte de forma anedótica. Depois da falta de Alan sobre Varela, passou mais de um minuto em que os animos se exaltaram. Xistra não só não deu qualquer desconto de tempo, como ainda por cima acaba a primeira parte quando Moutinho se preparava para bater o livre (perigoso) para a área do Braga. Ridiculo.
48' - Éder empurra Danilo pelas costas antes de este agarrar a bola. O árbitro assinalou a segunda infracção.
49' - Em lance que exemplifica a desastrosa arbitragem, Mangala trava Alan, agarrando-o ostensivamente, quando o extremo do Braga passou por ele em direcção à área portista. Xistra assinalou a falta mas deixou o amarelo por mostrar.
59' - Hugo Viana devia ter visto amarelo pela falta "profissional" sobre James, quando este já corria na direcção da área, em lance potencialmente perigoso para o Braga.
63' - Mais uma vez, Xistra bem na lei da vantagem mas a esquecer-se do amarelo depois. Ismaily não se preocupa com a bola e trava James, agarrando-o ostensivamente. Devia ter visto amarelo.
65' - Custódio faz obstrução a Varela no meio campo. Falta por assinalar.
66' - Lucho faz obstrução a Éder na área. Penalty e amarelo por mostrar. Xistra estava bem colocado para ver a falta.
66' - Ismaily derruba Fernando quando este saia para o contra ataque. Devia ter sido assinalada a falta e mostrado o respectivo amarelo, que até seria o segundo e consequente expulsão. Mas Ismaily continuava sem ver amarelo.
71' - Fernando devia mais uma vez ter visto amarelo (que seria novamente o segundo) pela falta perigosa sobre Éder. Um dos jogadores a quem foi permitido muito jogo faltoso.
73' - Xistra assinala falta de Otamendi sobre Salino, quando na realidade a falta é do bracarense. Mais uma vez, Xistra estava bem colocado.
82' - Era canto para o Porto, pois é Salino o último a tocar na bola.
90' + 3' - Lei da vantagem muito mal dada, pois o Braga perde imediatamente a posso de bola. Jackson aproveitou para fazer o 2-0.

Novamente Xistra no pior jogo deste ano. Conseguiu superar a má noite de Coimbra, tendo uma arbitragem vergonhosa. Prejudicou quem lhe apareceu à frente, sem qualquer rumo ou critério. Mudou tantas vezes de critério, que é difícil sequer estabelecer um critério para este jogo. Falta iguais com tratamentos diferentes. Fechar os olhos a penalties. Guardar os cartões no bolso (Fernando e Ismaily que o digam). Acabar de forma anedótica a primeira parte. E guardar para o final um caso digno de entrar nos livros da formação, para o capitulo do que não se deve fazer com a lei da vantagem. Foi mau demais e no final com influência directa no resultado. O Porto sai de Braga com 3 pontos oferecidos por Xistra, pois as decisões de maior peso, foram em maior número a favor dos azuis e brancos. É definitivamente o pior árbitro deste ano e se não apitar mais estes jogos não se perde nada.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O pequeno GRANDE adepto doSporting

Quem segue este blog, sabe que não é natural falar-se aqui de outra coisa que não o Benfica ou relacionado com o Benfica, mas desta vez vi-me obrigado a dar o devido destaque à história que a seguir apresento.

Excelente a reportagem que a RTP fez hoje no Sporting vs Olivais a contar para o campeonato nacional de Futsal. Um jovem adepto do Sporting a quem o infortúnio bateu à porta, mas a quem o clube continua, apesar de tudo, a dar alegrias, nomeadamente através da sua secção de Futsal, conseguiu realizar o seu sonho de conhecer o plantel da equipa de Futsal leonina. E como bónus, pôde fazer parte da equipa de comentadores da RTP destacada para o jogo de hoje. A mesma, normalmente composta por Pedro Catita e Pedro Martins, teve um convidado inesperado que comentou o jogo com muito fervor sportinguista.

Podem ver o vídeo da reportagem no link em baixo, gentilmente disponibilizado pelo Pedro Martins (comentador da RTP para as modalidades)

É um orgulho saber que ainda há quem dê e veja os bons exemplos. Mesmo que seja do Sporting!
Para o jovem adepto leonino, foi um dia em cheio (a mãe quase ia às lágrimas no final do evento) e para nós fica o exemplo de como se deve viver o desporto. O plantel do Sporting foi enorme, simplesmente enorme.
Pela minha parte deixo um muito obrigado por isto. Faz-me ter esperança num futuro melhor para o desporto Português.

PS: O Godinho não vai conseguir matar o Sporting. Não PODE conseguir!

domingo, 16 de dezembro de 2012

Almanaque do Benfica - Obrigatório a qualquer Benfiquista

Comprei ontem o Almanaque do Benfica, de autoria do excelente Rui Tovar e que contém a verdadeira enciclopédia do Benfica, em termos de jogos, vitórias e títulos. Vale cada cêntimo despendido! São mais de 700 páginas de puro benfiquismo e a prova de que somos meros peões na história gloriosa deste eterno clube!
Acredito ser um livro de posse obrigatória para qualquer Benfiquista que se preze!


PS: O meu pai quis ser o primeiro a folheá-lo e relembrou muitas visitas do Benfica a Tomar para jogar com o União local, pois foi ali que ele se fez Benfiquista. Recordou com brilho nos olhos, uma dessas visitas, numa vitória do Glorioso com um único golo de Simões, no primeiro minuto de jogo, um dia após perder o filho. Arrepiante!

Mais do mesmo no regresso à Luz

Excelente vitória do Benfica sobre o Maritimo, ontem no Estádio da Luz. Voltei a casa após um longo (demais) interregno, para ver o meu Benfica. Foi aliás um verdadeiro Sábado à Benfica, em que tirei a minha barriga de misérias, indo presenciar todos os jogos do dia no complexo da Luz. Já sentia falta do ambiente glorioso, da bifana em convívio, da alegria daqueles milhares, que como eu, adoram este clube e o seguem para todo o lado sempre que há oportunidade. 

  • Modalidades
Ver o Basquetebol, o Voleibol, o Hóquei em Patins e o Futebol, tudo num só dia, é inebriante. Seguir os treinos dos nossos benjamins entre partidas é perspectivar o futuro que se deseja glorioso. 
Dos jogos a que assisti, não posso deixar uma palavra para o Basquetebol e o Voleibol. Mereciam de certeza um campeonato melhor, tal a diferença de capacidade entra nós e as restantes equipas. O Clube K, que ontem se deslocou ao pavilhão nº 2 para jogar com os nossos voleibolistas, apresentou uma equipa de 7 elementos apenas. É triste.
Foram boas vitórias e um bom ambiente, embora no Voleibol algo adormecido por vezes devido à extrema diferença entra as equipas (o Benfica nem fez alinhar a sua melhor equipa, poupando Roberto Reis entre outros)
No Hóquei em Patins é inglório ver o Benfica jogar mais e melhor e não sair com a merecida vitória. Culpa nossa pelo incrível desaproveitamento nos lances de bola parada. Falhámos, creio que, três dessas situações, ao passo que sofremos golos em duas dessas situações. Inglório de facto, mas a este nível paga-se caro, e o Benfica pagou o preço da sua ineficácia. E também de alguma desconcentração, visto sofrer o 4-4 final apenas escassos segundos depois de Lopez ter feito o 4-3 em mais um disparo fortíssimo. Como disse, merecíamos melhor sorte, mas podíamos ter feito mais por isso. A rever para o futuro. Isto tudo não invalida que sinta orgulho na maneira como nos batemos, frente a uma equipa que a defender é de topo e a contra-atacar é ainda melhor.

  • Futebol
No final do dia veio o futebol. Eu tinha visto o jogo deste Maritimo no Estádio do Dragão e pensei que se fosse o mesmo Maritimo a apresentar-se na Luz, o Benfica tinha tudo para golear e destacar-se no topo da classificação após o famigerado adiamento do jogo no Bonfim. De facto assim foi, pois o Maritimo revelou as mesmas fragilidades e permitiu ao Benfica construir um resultado dilatado. Não fosse a nossa inoperância ofensiva e inabilidade em frente à baliza do primeiro tempo, e poderíamos ter saído com um resultado histórico. Foi pena.
Depois do Derby de Segunda-Feira, tinha avisado para as consequências de entrarmos adormecidos em jogos futuros (principalmente na Pedreira e com o Porto), mas parece que "ninguém ouviu". Voltámos a entrar a passo, com "pouca vontade de correr", tendo ainda assim criado soberanas ocasiões de golo, pelo simples facto da nossa evidente superioridade técnico-táctica sobre o Maritimo. Ainda assim, deixámos o jogo correr e só acordámos verdadeiramente após sofrermos o golo (em ligeiro fora de jogo). Cardozo continua a estar no melhor e no pior. Falhou dois golos que não se podem falhar noutros jogos, mas teve a mestria para assinar mais um hat-trick, o segundo em 5 dias (é obra!). Ao intervalo do jogo, Jesus deve ter dado um raspanete aos seus jogadores, pois a entrada para o segundo tempo foi diferente para muito melhor. A substituição de André Gomes por Enzo Perez, revelou-se muito acertada, pois o argentino colocou mais velocidade nas nossas trocas de bola e com isso adivinhava-se o golo a qualquer momento. As bancadas da Luz empolgavam-se pois também elas o pressentiam e o golo veio através do suspeito do costume. Devo confessar que eu não marcaria aquele penalty (após ver 3 repetições), mas a forma como o jogador do Maritimo abordou o lance é de facto propenso a isso (a menos que se seja o Alex Sandro). Não quis ver o penalty, pois no canto que lhe deu origem, disse ao meu colega de bancada que ia ser golo e "temi" que o Cardozo me desapontasse. O paraguaio, no entanto, não me deixou ficar mal e balançou a rede de forma bastante segura e convicta. Está novamente numa excelente forma a bater penalties e com uma confiança inabalável. 
Daí até final, apenas mencionar a festa autêntica no estádio, a fazer lembrar ambientes argentinos (que loucura o novo cântico dos NN), mais perdidas em frente à baliza, o paraguaio do costume a fazer o sexto golo em 5 dias e Rodrigo a libertar-se de fantasmas com um golo segundos após entrar em campo. Já merecia o nosso jovem avançado.

Saí feliz e dormi como um bebé na noite de ontem. O facto de sermos o líder do campeonato e de termos uma soberana oportunidade de deixar os corruptos a seis pontos, depois do clássico do próximo dia 13 de Janeiro, deixa-me confiante de que temos mais uma excelente oportunidade de começar a fazer cair a Hegemonia azul, sendo que para isso acho absolutamente necessário sermos pelo menos Bi-Campeões com uma dobradinha. 

Avante Benfica!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Previsiveis

  • Depois de semanas a falarem do "suposto" interesse encarnado, cá está o desfecho programado. Diego Reyes entra "oficialmente" na órbita do Porto e deverá mesmo ser reforço em Janeiro.  Não sei é onde arranjaram o dinheiro para o pagar (pode ser que sigam o exemplo feito aos belgas).
 

Ainda há quem ligue a estas manobras? Acho que já toda a gente percebeu, que o Glorioso não esteve interessado neste jogador e que as noticias vindas a publico nas últimas semanas apenas servem para se passar mais uma vez a mensagem de que o Porto "rouba" jogadores ao Benfica. Se durante algum tempo acreditei ser esse o caso, nomeadamente em casos como os de Falcão (reconhecido por Rui Costa), Alvaro Pereira, James Rodriguez,  entre outros mais antigos, que incluem Lucho, Lisandro e até Jardel, nos dias de hoje não acredito minimamente que eles nos roubem jogadores desta forma.

Aqui há uns meses atrás, publiquei um artigo a versar sobre isto, relativo à transferência de Ola John. Na altura suponha eu que o Benfica não estivesse interessado e que fosse apenas para vender jornais (e eventualmente associá-lo ao Porto), mas tive "azar" e foi precisamente esse jogador que contratámos.

Neste caso, bem podia ter feito o mesmo, que teria desta vez acertado. O mesmo se passa em relação a Caballero.

  • Luis Filipe Vieira concedeu uma grande entrevista ao jornal Record. Mais uma vez, era bastante previsível, depois do acordo alcançado entre Clube e Jornal para enterro do machado de guerra. Em minha opinião é má política associar-mo-nos desta forma ao jornal Record, mas poderei estar errado.

Da entrevista, saem duas ideias base. Uma é que o Benfica está contente com o que tem e que não se perspectivam entradas. A outra é a de que o Clube não entrará em loucuras financeiras devido ao clima de crise que se vive.


Pavilhão Encarnado - 14/12/2012

Este fim de semana há uma barrigada de Benfica nos pavilhões para quem quiser. Eu quero e finalmente vou lá estar, num Sábado verdadeiramente à Benfica.


Desta vez, apenas teremos actividades no Sábado. Com o Futebol profissional a entrar em campo às 20:30h, esperam-se algumas pessoas a mais nos pavilhões, numa maratona que começa pela 15h. 

  • Basquetebol
A nossa equipa recebe a Fisica em mais um jogo do Campeonato Nacional. O jogo realiza-se no Pavilhão Império Bonança e tem inicio marcado para as 15h deste Sábado. Com os preços habituais (Sócios com quota modalidades não pagam), espero uma enchente no pavilhão para dar-mos apoio a quem verdadeiramente merece.

  • Voleibol
O nosso Voleibol entra em campo no Pavilhão nº 2 hora e meia depois, pelas 16:30h, no primeiro jogo de mais uma jornada dupla. O adversário é o Clube K, e com maior ou menor dificuldade não se espera outra coisa que não seja a nossa vitória. Esta equipa, tem sabido merecer o nosso apoio e como apreciadores de bons executantes, será mais uma oportunidades para os ver em acção.

  • Hóquei em Patins
A nossa equipa entra em campo às 18h, no Pavilhão Império Bonança, para a 3ª jornada da Liga Europeia. O adversário é o Vareggio de Itália e não se esperam facilidades. O Benfica deverá reagir ao mau resultado do fim de semana passado, construindo uma boa vitória para reconquistar a confiança que se perdeu com o Paço de Arcos. Num jogo europeu o factor casa é sempre importante pelo que se espera uma afluência massiva dos adeptos para apoiarmos os nossos jogadores em mais um passo.


Como podem ver, está aqui uma excelente oportunidade para um Sábado bem passado. Compareçam. Pode ser que me encontrem por lá.


Força Benfica! Rumo aos Títulos!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Bater em mortos (Ou o gozo que perde a piada)

O nosso rival Sporting está a atravessar o seu pior período de sempre. A sua história centenária nunca viu período igual e não tenho dúvidas de que a maior culpa é dos seus próprios responsáveis e da esmagadora maioria dos seus adeptos.
O clube de Alvalade é gozado quase todos os dias, numa situação cada vez menos "engraçada" de tão banal que se tornou. O que era uma paródia nos tempos de Bettencourt em que os episódios rocambolescos se sucediam em catadupa, fornecendo material para piadas impossível de inventar por qualquer rival, tornou-se na gestão de Godinho Lopes, num autêntico modo de vida do clube centenário. Deixo em baixo alguns exemplos do autêntico gozo a que o Sporting está votado nesta altura.
  • Cartoon



  • Por-se a jeito

  • Clássico

  • Chama-os

  • Novidade 2012/2013


Ao que chegaste Sporting...

Ausência de Responsabilidade do Benfica

Saiu ontem um acórdão da Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga, a deliberar a inexistência de qualquer responsabilidade do Benfica nos factos ocorridos após o final do Derby de Novembro de 2011.
Nem podia ser de outra forma, já que a caixa de segurança foi vistoriada e aprovada previamente por várias entidades, entre elas a própria Liga e a UEFA, de modo que não foi esse facto (estreia da caixa de segurança) que causou os referidos incidentes.


Fico à espera (mas bem sentado) da deliberação em relação aos castigos e multas a aplicar ao Sporting por causa do comportamento dos seus adeptos.
Espero também que o Benfica torne públicos os custos associados ao fogo posto, que rondarão os 500 mil euros.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Os azuis no Derby

Por mais que tenham desvalorizado o Derby da capital, os portistas sabiam bem que esta seria uma oportunidade de ouro par ao Benfica perder pontos. Aliás, em minha opinião, uma das únicas saídas em que se previam dificuldades.
Por isso o interesse deles no jogo foi grande. Tão grande, que treinador e líder da claque mais emblemática estiveram em Alvalade a assistir ao jogo.




Dia 13 de Janeiro não precisam de se esconder...

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A dupla face do Benfica em Alvalade

Ganhámos!

Uma segunda parte absolutamente demolidora bastou para virar o resultado e trazer os três pontos de Alvalade. Frente a um Sporting que mostrou que, como equipa tem muito que trabalhar, o Benfica mostrou as suas duas faces. Jesus chamou-lhe respeito em demasia pelo Sporting, eu chamo-lhe outra coisa, falta de mentalidade competitiva.
Uma equipa que luta pelo titulo como nós, não pode ter uns primeiros 45' dados ao adversário como nós tivémos. É certo que o Sporting se desgastou muito em correrias na primeira parte, pagando por isso na segunda (em especial Capel e Carrillo), mas a entrada em jogo do Benfica foi demasiado apática, demasiado desconcentrada (o erro de Garay é o exemplo máximo) e demasiado encolhida. Num jogo desta importância e frente a um rival que avisou com bastante antecedência que este seria o jogo do ano "para salvar a época", era mais que óbvio que o Sporting iria entrar aguerrido e lutador. A nós competia-nos entrar da mesma forma. Não o fizémos e a primeira parte espelhou isso.
Não sei se a culpa desta "falha" é do treinador, dos jogadores ou de todos, mas é bom que tenham em mente que fazer coisas destas em Braga ou com o Porto não terá o mesmo final do jogo de ontem. E ainda que é com este tipo de mentalidade, que depois as arbitragens nos lixam sempre com 'F' maiúsculo. Ainda não revi o jogo para o meu projecto Olho de Águia, mas à primeira vista, parece-me que as minhas previsões de uma boa arbitragem não saíram defraudadas. Marco Ferreira teve um trabalho bem razoável num jogo nada fácil de dirigir. A arbitragem à inglesa foi o melhor que poderia ter acontecido a este jogo. A reclamar mais oportunidades destas, este árbitro madeirense.

Ao intervalo tudo mudou. Não sei o que Jesus disse aos jogadores, mas estes entraram muito mais afoitos nos segundos 45'. O roubo de bola de Lima a Rinaudo prenunciava um Benfica muito mais agressivo na procura da bola, levando à exaustão das unidade médias e avançadas do Sporting. É bom no entanto, lembrar a perdida de Elias ainda antes do empate. 2-0 seria muito difícil de recuperar e nessa altura valeu Artur a mostrar que é de longe o melhor em Portugal. Mas, tirando isso e um remate de Insua ao poste numa jogada individual, nada mais se viu do Sporting na segunda parte. Muito pouco.
Os golos do Benfica foram aparecendo naturalmente, fruto de uma maior intensidade e velocidade postas no encontro, na maior parte do lado esquerdo através de Ola John.

Para o final deste artigo, deixei o melhor: Óscar Cardozo. Não tenho palavras para o qualificar. Um jogo soberbo do paraguaio, que é tosco, que é lento, que "destrói" jogo atacante, que isto ou que aquilo, mas que faz aquilo que nós vamos ao estádio para ver. Golos, golos e mais golos.

Saio deste jogo com sentimentos contraditórios. Por um lado a reviravolta foi sublime e extremamente justa para o que fizémos na segunda parte. Por outro, tenho plena noção que noutros jogos não vai chegar. É imperioso que abordemos os jogos desde inicio com a mentalidade certa, sob pena de quando acordarmos ser tarde de mais.

Uma nota final para as declarações pós jogo.
  1. MUITO, MUITO bem Jesus finalmente. Quando questionado acerca do recorde de vitórias em derbies de um treinador português respondeu da melhor maneira, dizendo que tem de começar a ganhar títulos colectivos, que os individuais interessam pouco, se não acompanhados. Já era tempo de ter interiorizado isso. Também reforçou mais uma vez a ideia de que o objectivo principal (senão único) é recuperar o titulo de campeão.
  2. Luis Filipe Vieira foi Benfica. O Benfica manteve-se quieto e calado antes do jogo, não alimentando qualquer polémica com ninguém. Depois do jogo, arrasou Godinho, comparando-o a Vale e Azevedo. Podia inclusivamente ter ido mais longe, dizendo o que se passou realmente no caso do adiamento. Noutra declaração, enalteceu a vitória do Benfica e a arbitragem, dizendo que aqui não há segundo guarda-redes. Depois das diabruras de Alex Sandro esta época (é definitivamente o novo Rolando), já era altura de se falar nisso. Pelo menos, para colocar pressão nos homens do apito, para que não continuem a fechar os olhos.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Parabéns BenficaTV

A Benfica TV celebra hoje 4 anos de existência. Com muitas coisas boas, com algumas más, mas sempre com muito benfiquismo de quem lá trabalha e que faz um bom trabalho a esmagadora maioria do tempo. Claro que existem coisas que não consigo admitir, em especial a presença de indivíduos, que são autênticos lambe-botas com muito pouco de Benfica. No entanto não são suficientes para tirar o verdadeiro mérito a quem o tem.
O projecto visionário de Luis Filipe Vieira ficará para sempre como um marco na Televisão em Portugal e com lugar cativo na história do clube. Programas como "O Maior Benfiquista" (que ali o meu irmão e colega de blog David Oliveira teve a honra suprema de ganhar um dia), "Vitórias e Património" ou "Em Defesa do Benfica", são marcos históricos do canal e que muito honraram e honram o clube.

A cobertura total das nossas modalidades de pavilhão, nem sempre bem feita, mas ainda assim brutal em termos de acompanhamento, é o testemunho do Benfica eclético que sempre foi o nosso apanágio. 

A possibilidade dos sócios e adeptos entrarem em contacto com o canal, para dar conta dos seus pontos de vista é muito, muito bom. Dar voz às pessoas que não a tinham, sempre foi a marca do Glorioso SLB.

Por tudo isto o meu muito obrigado e Muitos Parabéns!

Olho de Águia - Moreirense vs Sporting

Em jogo da 10ª jornada da Liga Zon Sagres, o Sporting deslocou-se a Moreira de Cónegos e empatou com o Moreirense a duas bolas. O árbitro da partida foi Hugo Miguel e teve uma arbitragem razoável. Além de erros técnicos pontuais, o árbitro falhou essencialmente no capitulo disciplinar, deixando vários cartões no bolso.

O vídeo está disponível para download em:
http://rapidshare.com/files/3257254567/LigaZonSagres_12-13_10_MORvsSCP.rar
A palavra passe é socioencarnado
  • Resumo
Hugo Miguel teve uma actuação discreta em Moreira de Cónegos, neste jogo da Liga, sendo que conseguiu não ter influência no resultado final. Deixou alguns cartões no bolso, mas de resto não perturbou com más decisões o desenrolar da partida. Uma melhor apreciação no capitulo disciplinar e a arbitragem teria sido boa.
  • Lances Bem ajuizados
23' - Wolfswinkel está adiantado no momento do passe.
36' - Pablo Olivera está ligeiramente adiantado no momento do passe.
40' - Pablo Olivera está em jogo antes de fazer o 1-0.
58' - Wolfswinkel está em jogo no momento do passe.
77' - Carrillo joga ostensivamente a bola com a mão, após cruzamento da esquerda de Capel. Amarelo bem mostrado.
  • Lances Mal ajuizados
11' - Amarelos por mostrar a Renatinho e a Xandão. O primeiro por simular uma falta em zona perigosa e o segundo por pedir cartão amarelo para o primeiro.
12' - Amarelo por mostrar a Filipe Gonçalves por entrada perigosa sobre Capel. Ainda que tenha sido a meio campo, foi uma entrada perigosa.
32' - Pablo Olivera carrega Capel por trás, não o deixando controlar a bola. O árbitro mandou seguir o lance.
38' - Eric Dier trava Augusto L. quando este se esgueirava pela esquerda. Ficou o amarelo por mostrar ao lateral leonino.
60' - É Filipe Gonçalves que corta a bola pela linha final e não Carrillo. Era canto a favor do Sporting.

Hugo Miguel não teve um jogo difícil para arbitrar, com duas equipas preocupadas em jogar à bola. Não fosse o desacerto disciplinar e poderia ter sido uma boa arbitragem, num jogo em que o empate se aceita.

Olho de Águia - Benfica vs Olhanense

Em jogo da 10ª jornada da Liga Zon Sagres, o Benfica recebeu e bateu o Olhanense por 2-0. Com arbitragem de Rui Silva, o jogo foi fácil de dirigir, tendo o árbitro cometido alguns lapsos, nomeadamente no capitulo disciplinar. No global foi uma arbitragem razoável, quase boa.

O vídeo está disponível para download em:
http://rapidshare.com/files/3309060276/LigaZonSagres_12-13_10_SLBvsOLH.rar
A palavra passe é socioencarnado
  • Resumo
Rui Silva teve arbitragem razoável no Estádio da Luz, num jogo com algumas falhas pontuais, ainda assim penalizadoras o suficiente para a arbitragem não ser considerada boa. Falhou no capitulo disciplinar e numa ocasião deixou o Benfica criar muito perigo, ao permitir que uma falta fosse marcada cerca de 10 metros à frente do local onde ocorreu. Não teve influência no desfecho final.
  • Lances Bem ajuizados
7' - Maxi está adiantado mas não se faz ao lance. Rodrigo está em jogo no momento do passe.
17' - O remate de Ola John desvia no braço de Nuno Reis, mas o mesmo está em posição de proteção da barriga, pelo que não se justificava o assinalar de qualquer falta.
25' - Não há qualquer penalty sobre Maxi Pereira. Rui Duarte corta apenas a bola.
25' - Penalty evidente de Vasco Fernandes sobre Maxi Pereira. O defesa do Olhanense agarra ostensivamente Maxi. Poderia ter sido exibido o amarelo, mas não considero falta merecedora disso, já que Maxi não tem a posse de bola garantida e até está de costas para a baliza.
37' - Amarelo a Vasco Fernandes pela falta perigosa sobre Cardozo.
  • Lances Mal ajuizados
40' - O Benfica marca a falta cerca de 10 metros à frente do local onde foi cometida. Poderia ter dado golo.
45' + 2' - Ola John é rasteirado por Nuno Reis. O árbitro mandou seguir.
45' + 2' - Matic deveria ter visto o amarelo pela falta a cortar um contra ataque do Olhanense. A falta em si é também ela motivo para amarelo já que Matic não se preocupou em jogar a bola.
47' - Amarelo por exibir a Maxi Pereira por cortar um ataque perigoso do Olhanense.

Rui Silva não teve um jogo difícil para arbitrar, mas teve algumas decisões que deveria ter acertado. Poderia ter sido uma boa arbitragem, num jogo em que o Benfica venceu bem.

O Benfica em Alvalade

Jorge Jesus divulgou hoje a convocatória para o jogo de mais logo. Infelizmente os dois jogadores que se apontava estarem mais próximos da recuperação não recuperaram e estão fora das escolhas para esta partida. Luisão e Enzo Perez não irão pisar o relvado mais logo e tanto um como outro são peças importantes do xadrez de Jesus. Para suprir estas ausências deverão ser chamados ao 11 titular, Jardel e André Gomes. Tanto um como outro já mostraram estar preparados para estas andanças, em especial o central brasileiro, que supriu de forma muito competente a ausência de Luisão durante o castigo deste. Com Ola John seguro no lado esquerdo do ataque, a incógnita é quem jogará no lado direito. À partida, perfilam-se três opções, com Salvio a ser o preferido de Jesus. Podem também entrar de inicio Gáitan, que tem estado algo apagado esta época ou Bruno César que não mostrou este ano a mesma dinâmica do ano passado.

No entanto, jogue quem jogar de inicio ou entrando no decorrer da partida, o que os adeptos pedem é atitude competitiva. Lutar pela posse de bola durante todos os minutos do jogo e manter os níveis de concentração elevados, serão o garante de que iremos lutar pela vitória até ao fim do jogo. 
Vai ser um jogo muito difícil e que não poderá ser menosprezado por ninguém. Do outro lado está uma equipa que vai fazer deste jogo a bóia de salvação da época, fazendo de tudo para nos levar de vencidos.

Pessoalmente entraria com a equipa aqui à esquerda, salvo impedimentos físicos de maior.

A entrada do apagado Gaitan, para o apoio ao Ponta de Lança Cardozo, seria uma forma de o libertar das tarefas defensivas de que ele tanto detesta. Com a bola no pé, em slalom pelo meio dos defesas leoninos, seria garante de pelo menos termos alguns livres em zona perigosa. E com a proteção de André Gomes e Matic e o apoio de Ola John e Salvio, acho que poderíamos ter aqui algo para baralhar o Sporting no primeiro tempo.

Lista de convocados
Guarda-redes: Artur Moraes e Paulo Lopes;
Defesas: Maxi Pereira, Jardel, Garay, Sidnei, Melgarejo e Luisinho;
Médios: André Almeida, Ola John, Matic, Gaitán, André Gomes, Salvio, Bruno César e Nolito;
Avançados: Cardozo, Rodrigo, Lima e Kardec.

Jornalismo de sarjeta

Eu sei que é o Sporting, esse clube que faz tudo por tudo para nos achincalhar a cada oportunidade. Esse clube que até nos dá semanalmente (quando não é diariamente) motivos para rir. Que em minha opinião, merecem muito do que lhes está a acontecer. Eu sei isso tudo.

Mas esta última incidência é de facto asquerosa. Ainda para mais quando perpetrada por "jornalistas profissionais". Hoje foi o Sporting, mas quantas e quantas vezes não é o nosso Benfica o atingido por tão medíocre classe?


É totalmente inadmissível esta adulteração do símbolo do clube. Quem o fez é simplesmente um idiota, sem lugar num jornalismo decente. Mas como todos bem sabemos, o jornalismo actual não se pode considerar decente. Salvo raras excepções, são todos uma cambada de gente sem classe, nível ou jeito para a coisa. Tempo demais vimos os bons jornalistas chutados para canto por fazerem o seu trabalho. Vezes demais vimos jornalistas sérios serem coagidos, ameaçados ou mesmo agredidos (quando não era pior) por fazerem o seu trabalho, sem que os prevaricadores fossem punidos.
E assim chegámos a este estado, em que os "jornalistas profissionais" (especialmente os da imprensa escrita) não são mais que canetas de aluguer para a passagem de mensagens e achincalhamento do adversário. Perdemos, quem sabe nunca o recuperaremos, os jornalistas que faziam perguntas incómodas, que queriam noticiar a verdade ao povo, também ele já "amestrado" por este jornalismo do faz de conta.

Porque o Benfica não é só Futebol

Devo confessar desde já que não escolhi a melhor semana para re-activar a rubrica iniciada pelo Faneca "Porque o Benfica não é só Futebol". É apenas uma coincidência, mas que me levou a ponderar não publicar a rubrica esta semana. Optei por não adiar, visto já estar à demasiado tempo sem a publicar.
Foi de facto um fim de semana mau para o clube em termos das modalidades, já que tivémos demasiados resultados negativos (uma única derrota já é má). Vou começar pelos maus resultados para acabar com os bons.
  • Futsal
Derrota surpreendente e preocupante com o Braga este Domingo, em jogo do campeonato. Depois da derrota com os Leões de Porto Salvo, não esperava mais nenhum mau resultado até final do ano. Aconteceu e a vitória bracarense é inteiramente justa, já que o Benfica foi uma sombra de si próprio, especialmente na primeira parte. Há que analisar bem as razões deste insucesso, dando o evidente mérito ao adversário, mas fazendo uma introspeção interna acerca do que se está a passar esta época. As duas derrotas averbadas não são normais numa equipa invencível nas duas fases regulares anteriores. Acredito que melhores dias virão, posto que se analise e corrija o que está mal. As palavras de Paulo Fernandes indicam que ele saberá o que deve fazer.
  • Andebol
A nossa equipa de Andebol, perdeu a invencibilidade no pavilhão do Dragão, no jogo com o Porto. A derrota sabe ainda pior, visto que depois de empatarmos o jogo a 17 segundos do fim, sofremos o golo fatal em cima do apito final, a jogar com mais um nessa altura. Apesar da derrota o Benfica apresentou bons momentos de andebol com destaque para os 4 golos de vantagem na primeira parte e a luta até final pela vitória, que alguns erros deitaram a perder. Será muito importante não perder mais pontos daqui para a frente (à espera de um escorregão alheio) para entrarmos na segunda fase do campeonato pelo menos com os mesmos pontos do Porto e aí decidirmos a contenda a nosso favor. Nada está perdido, mas perdeu-se uma excelente oportunidade de mandar uma mensagem forte.
  • Hóquei em Patins
Depois de empatar no pavilhão do Dragão, o Paço de Arcos veio ao pavilhão Império Bonança fazer o mesmo. Com o empate o Benfica continua na liderança do campeonato, mas viu reduzida a vantagem para Porto e Oliveirense. Foi um jogo muito difícil para o Benfica que se decidiu nos lances de bola parada. Não aproveitar qualquer deles, num jogo desta natureza, paga-se caro. Há dias assim, mas continuo perfeitamente confiante na equipa e acredito que no final iremos sorrir novamente. Este ano não será uma decisão a dois, pelo que estes dois pontos perdidos poderão ter influência mais lá para a frente.
  • Voleibol
A equipa de Voleibol cumpriu mais uma jornada dupla com duplo 3-0. No Sábado frente ao Vilacondense e no Domingo frente ao Caldas, a equipa foi igual a si própria, valorizando o jogo e o adversário. Temos de continuar nesta senda, cientes de que falhar novamente no momento decisivo não é aceitável. Já nos devem um campeonato pelo menos desde há dois anos. Neste fim de semana foram bravos e merecem por isso todo o nosso apoio. Para continuar até ao fim a espalhar a nossa superioridade e conquistar o tão ambicionado titulo.
  • Basquetebol
A nossa equipa de Basquetebol foi até Guimarães vencer o Vitória local por 74-87. Uma vitória aparentemente tranquila, mas que teve o seu quê de dificuldade. Os pupilos de Carlos Lisboa fizeram no global um bom jogo, mantendo a invencibilidade na prova e não defraudando as nossas espectativas. A nossa responsabilidade aumentou muito e nem as várias lesões de elementos chave servem de atenuante. Há que dar os parabéns a todos até agora e lembrar que o trabalho é fundamental para que se atinjam os objectivos. Teremos de ser sérios na abordagem a cada jogo para não sermos surpreendidos em nenhum deles.

Não foi o melhor fim de semana, mas quero acreditar que é uma fase passageira e que o trabalho realizado irá dar os seus frutos no final da temporada.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Horário e Árbitro do Derby

A Liga confirmou hoje mesmo que o derby se realizará conforme o previsto, por isso na próxima segunda feira estaremos todos a torcer por mais uma vitória encarnada sobre o velho rival. Sinceramente, era o que eu esperava que acontecesse, pois não havia qualquer razão nas alegações do Sporting.

É uma boa oportunidade de vencer no terreno do rival, que se encontra a realizar o pior arranque de temporada da sua história. Vencê-los nesta altura e nestas condições é tão somente a nossa obrigação, pois temos muito melhor equipa. E quem quer ser campeão esta época, sabe que não pode perder pontos com equipas de meio da tabela...

O árbitro do encontro será Marco Ferreira. É o seu primeiro jogo grande e tenho a dizer que acho uma excelente escolha. Tenho seguido a carreira deste árbitro na Liga Portuguesa (através do me projecto Olho de Águia) e até agora teve duas arbitragens. Um boa em Alvalade, no Sporting vs Rio Ave, que os vilacondenses venceram por 1-0. Uma outra razoável, no Paços de Ferreira vs Benfica, em que os encarnados venceram 2-1. Mais que as prestações na Liga deste ano, é um árbitro desconhecido nestas andanças e uma lufada de ar fresco face aos já mais que conhecidos Sousa, Proença, Benquerença, Soares Dias, entre outros. Espero sinceramente, que o árbitro faça um trabalho no mínimo razoável. Se for justo e correcto, terá da minha parte tolerância para com os erros que eventualmente cometer. Acredito que vai passar despercebido no jogo.

Segunda Feira à noite é para chegar aos 29 pontos. Sem desculpas!

Derby na Segunda-Feira

O adiamento do jogo da Liga Europa entre Sporting e Videoton, causou um autêntico caso no futebol português. Tudo porque o Sporting pretende que o derby seja adiado um dia, para a próxima Terça-Feira. Só que a forma como o clube decidiu avançar para este requerimento não foi a melhor.

Primeiro começou por exigir o adiamento do jogo com base em regulamentos internacionais que "previam" uma diferença de 72h entre o fim de um jogo e o principio do outro. No comunicado, que podem ver em baixo, o Sporting faz exigências com base em pressupostos falsos.
«A UEFA decidiu marcar o encontro com o Sporting-Videoton, a contar para a 6.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa, para amanhã, 7 de dezembro, às 20h05.
O Sporting acata esta decisão da UEFA. Mas anuncia desde já que, no cumprimento dos regulamentos internacionais, não aceita que a disputa do jogo com o Sport Lisboa e Benfica, a contar para a 11.ª jornada da Liga Portuguesa de futebol, previamente marcado para segunda-feira, 10 de dezembro, às 20h15, se realize na data e hora prevista.
O Sporting Clube de Portugal desencadeou todos os mecanismos possíveis para que a partida frente ao Videoton se disputasse esta quinta-feira
»
Após se darem conta do erro, pois o mesmo foi altamente divulgado na imprensa, o Sporting publica outro comunicado, desta vez a falar nos regulamentos nacionais para suportar as suas pretensões. Pedro Sousa, o seu Director de Comunicação, falou mesmo em faltar ao derby, caso este não fosse adiado.
«Aguardamos que se cumpram os regulamentos. Qualquer espetáculo desportivo não pode acabar depois da meia-noite. Se eventualmente o jogo acabar depois da meia-noite, temos um problema. As 72 horas são relativas ao final do jogo [com o Videoton, agora agendado para sexta-feira] e ao início do próximo [com o Benfica]», sustentou.
De acordo com Pedro Sousa, caso o Benfica rejeite o adiamento para terça-feira, «dificilmente» o Sporting estará presente segunda-feira em Alvalade, às 20.15 horas, como agendado pela Liga.
Posto isto, reforçou, a realização do derby é «uma incerteza», uma vez que «não estarão cumpridas as 72 horas regulamentadas».

Como já todos saberão, os regulamentos não incluem qualquer limitação no sentido do que pretende o Sporting. Aliás, já esta época e em duas ocasiões, os verde e brancos não fizeram qualquer referência ou exigência desta natureza após jogos europeus, curiosamente com Porto e Braga. Como podem conferir na imagem em baixo o Sporting não teve as 72h de diferença que agora advoga, para os referidos embates e com a agravante de que no caso do jogo no Dragão, poderia perfeitamente ter feito tal exigência, pois isso está configurado nos regulamentos da Liga.

Imagem roubada descaradamente ao blog Mágico SLB
Como podem ver, está claro como água cristalina, que estas exigências, acontecem única e exclusivamente por causa do nome do adversário.

Deixo em baixo igualmente, o artigo 23º do regulamento, e os seus três pontos que mostram que o Sporting não tem razão nas alegações que transmitiu para dar razão à sua causa (na segunda tentativa).
Artigo 23.º
Calendário dos Jogos
  • 4 a) Salvo acordo escrito entre os clubes contendores, qualquer jogo oficial de competição nacional deverá respeitar um intervalo entre jogos de 72 horas, calculado entre o final do primeiro jogo e o início do segundo jogo da competição nacional;
  • 4 d) Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território estrangeiro tem direito a um intervalo de descanso de 72 horas, calculado entre o final daquele jogo internacional e o início do jogo seguinte na competição nacional;
  • 4 e) Quando um clube, participante nas competições da UEFA, tenha de disputar um jogo dessa competição à quinta-feira em território nacional tem direito a que o jogo seguinte na competição nacional não se realize na sexta-feira e sábado seguintes à realização daquele jogo internacional;

Mais uma vez como podem comprovar, não há qualquer obrigação que atenda as exigências do Sporting. Ao tomar a posição unilateral que tomou, o clube de Alvalade só se cobre de ridículo. E tudo porque o adversário se chama Benfica.

Finalmente, deixo a minha opinião pessoal sobre este assunto.
  1. Face ao que demonstrei no texto acima,
  2. Face à completa falta de senso na abordagem desta matéria por parte dos dirigentes leoninos,
  3. Face ao facto de, até ao dia de hoje, não ter havido qualquer pedido de desculpas pelo incêndio provocado por adeptos verde e brancos no Estádio da Luz. Já pagaram a factura dos prejuízos?,
  4. Face ao facto de noutras circunstâncias já esta época não terem procedido de forma igual, quando os adversários eram outros e mais do agrado dos seus dirigentes,
Face a tudo isto, eu não adiava o jogo e apresentava a equipa para jogar na Segunda à noite. Caso não quisesse comparecer, seria um problema do Sporting, para ser resolvido sem interferência do Benfica.

PS: Caso houvesse da parte dos dirigentes do Sporting um formal pedido de desculpas pelo incêndio causado em conjunto com um pedido oficial para adiar o jogo, seria ponderada a aceitação do adiamento. Porque não faz qualquer sentido dar abébias a quem nos procura espezinhar à primeira hipótese.

Pavilhão Encarnado - 7/12/2012

Este fim de semana temos apenas duas modalidades nos pavilhões da Luz. Os campeões nacionais de Hóquei em Patins e os vice-campeões nacionais de Voleibol jogam em casa durante o fim de semana, com o objectivo de se manterem na frente dos respectivos campeonatos.

  • Hóquei em Patins
Depois de se isolarem na frente do campeonato, o Benfica recebe um Paço de Arcos que é sempre difícil de bater. Ainda há pouco empataram com o FC Porto. Temos de ser sérios e competentes se não queremos sofrer o mesmo destino. Para isso, o apoio de todos continua a ser necessário, de modo a que o ambiente na Luz seja mais um factor de impulso à nossa vitória. A equipa merece e continua a dar alegrias à massa adepta. O jogo realiza-se no pavilhão Império Bonança, Sábado dia 8 de Dezembro, pelas 18h. Os preços são os de sempre, sendo de realçar que quem tiver quota modalidades entra à borla.

  • Voleibol
Mais uma jornada dupla no campeonato nacional, com o Benfica a querer seguramente manter o registo 100% vitorioso que traz até aqui. Depois de jogar fora de casa no Sábado com o Vilacondense, a nossa equipa receberá o Caldas no Domingo dia 9 de Dezembro, em jogo no pavilhão nº 2 a partir das 16h. Contra um adversário à partida acessível, será sempre bom demonstrar à equipa mais uma vez que estamos com ela. Concentração ao máximo é o que se pede para este jogo.

Força Benfica! Rumo aos Títulos!

Coluna, Pipi e Vieira

  • Mário Coluna foi ontem internado de urgência após ataque cardíaco, que felizmente não teve consequências mais graves. O nosso Coluna já se encontra em casa e até concedeu algumas palavras à imprensa portuguesa, dizendo que o seu coração está rijo. Assim continue por muitos e bons anos, para que possamos beber da sua mística, aquela que nos transporta ao sítio dos sonhos.

  • Rogério Carvalho, mais conhecido pelo Rogério Pipi faz hoje 90 anos. Esta lenda viva do Benfica, é agora, o nosso decano do futebol. Com a morte de Espirito Santo, passa a ser Rogério Pipi o nosso futebolista mais antigo ainda vivo. Que chegue pelo menos aos 100, é o meu desejo. Podem ler o espantoso artigo do Alberto Miguens no "Em Defesa do Benfica" aqui: http://em-defesa-do-benfica.blogspot.pt/2012/12/o-nosso-rogerio-faz-90-anos.html Aconselho a todos a leitura mais que obrigatória!

  • Luis Filipe Vieira é a partir de hoje o presidente em exercício com mais anos no cargo, superando o enorme Bento Mantua. Com esta "proeza" vem ainda mais responsabilidade para o presidente, que tem tido todo o tempo do mundo para re-colocar o Benfica no lugar que merece. O livro recém lançado "Missão Benfica" (que já foi publicitado aqui no blog) contém algumas das histórias que se passaram ao longo destes mais de 9 anos na presidência. Aconselho todos a lerem.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

A desilusão anunciada com tiques de malvadez

Estava para escrever um longo texto com as considerações acerca do jogo de ontem e da prestação na Liga dos Campeões 2012/2013, mas a campanha europeia até agora resume-se em dois aspectos:
  1. Falta de ambição
  2. Falta de jeito
Não me engano muito se disser que o Benfica estará entre as equipas que mais oportunidades claras de golo desperdiçou. E isso nesta competição paga-se muito caro.

Em relação ao jogo de ontem, o Benfica entrou como lhe competia face a um Barcelona de segunda. A pressionar alto e a procurar chegar ao golo. A inépcia dos nossos jogadores na altura de rematar à baliza foi por vezes malvada para quem assistia ao jogo, tal a qualidade das oportunidades. Tão cedo não teremos outra chance de vencer em Camp Nou.

No final desta campanha fica o amargo de boca, que mesmo com todas as contrariedades que apresentámos, tínhamos mais que equipa para chegar aos 1/8 de final. 

PS: Os jogadores foram bravos hoje (excepto na finalização) fazendo às reservas do Barcelona o que tinha de ser feito, mas tenho de destacar negativamente Maxi Pereira e Matic num aspecto. Andaram a pedir cartões com entradas muito duras sobre os adversários. Especialmente Maxi Pereira, que acaba o jogo miraculosamente sem ver qualquer cartão. A rever a atitude.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Em Barcelona

O Benfica apresenta-se logo em Barcelona, a discutir o 2º lugar do grupo com o Celtic. Temos de fazer o mesmo resultado que eles o que não se afigura fácil, mas como nunca tivemos borlas na nossa história, não era agora que íamos começar. A equipa vai jogar desfalcada de alguns elementos e a ter de atacar para alcançar um bom resultado. Além disto, penso que teremos de fazer uma gestão a pensar em Alvalade, um jogo cem vezes mais importante para um adepto que este em Barcelona, e esta época ainda mais pois está visto que a luta a dois pelo campeonato se vai decidir em detalhes.

Face às ausências da equipa, eu apostaria numa equipa conservadora virada para o contra-ataque. Colocaria jogadores para pressão intensa sobre a defesa e meio campo defensivo do Barcelona de modo a dificultar-lhes ao máximo a transição ofensiva em tiki-taka. Jogaria com dois avançados na frente a pressionar os defesas blaugrana, com dois médios de contenção, um médio ofensivo e um extremo.
Assim sendo escalaria os seguintes jogadores para o onze inicial (4-4-2), com vista a segurar o Barcelona na primeira parte  e quem sabe aproveitar uma oportunidade para inaugurar o marcador.

 
 
O Barcelona não contará com Jordi Alba na lateral esquerda, pelo deixaria na primeira parte esse corredor para Maxi Pereira com a cobertura de André Almeida, que jogará ao centro com André Gomes, a procurar aproveitar as ausências de Xavi e Iniesta. A decisão de deixar Matic no banco tem a ver com dois aspectos; um face à sobrecarga de jogos do sérvio em conjugação com o jogo em Alvalade e o outro pois não precisaremos de altura mas sim de mobilidade. Caso necessário, para segurar o resultado, poderá ser opção para a segunda parte.
A entrada de Nolito em vez de Ola John, é também ela de gestão para segunda feira, mas também do nível de agressividade para este jogo. Nolito é um jogador bastante agressivo sobre os defesas adversários, pelo que será o complemento ideal para a dupla Lima/Rodrigo. Estes terão ainda a função de desgastar ao máximo a defesa blaugrana, com vista ao lançamento de Cardozo na segunda parte se necessário.


 
Porventura, a táctica poderia evoluir para um 4-2-3-1, com Rodrigo a descair para a direita de modo a poder fazer as diagonais de que gosta, equilibrando ao mesmo tempo o miolo (3x3), na luta pela posse de bola. Jogando a equipa do Barcelona muito avançada no terreno, será oportuno tentar explorar esse adiantamento com a velocidade dos nossos jogadores mais avançados.
Com este sistema, o objectivo principal, seria empurrar o Barcelona para trás, de modo a afastá-los da nossa área, e a ganharmos a bola em terrenos mais avançados

De resto, seria esperar pela sorte do jogo e fazer por isso, trabalhando para ganhar a posse de bola, obrigando o Barcelona a lutar por ela também. E para retirar alguma coisa deste jogo, teremos forçosamente de melhorar a nossa capacidade de concretização. Em especial o rácio de golos versus oportunidades. Quem joga com o Barcelona tem de aproveitar toda e qualquer chance.



Como não sou treinador do Benfica, não me cabe a mim escalar os jogadores ou dar a táctica, mas na minha visão de leigo, tendo em conta já o jogo de segunda feira, que considero bem mais importante que o de hoje, seria isto que apresentava.

Boa sorte Benfica. Deixa-nos orgulhosos de ti!

Castigos a tempo e horas

Rui Gomes da Silva, vice presidente do Benfica, foi castigado 11 meses e obrigado a pagar cerca de 5.000€ de multa. Este castigo é devido às declarações proferidas após o jogo de Coimbra e sai menos de 3 meses após as mesmas. É também muito relevante que um mês do castigo se deve à falta de comparência de Rui Gomes da Silva na audiência para se explicar.
Este é mais um castigo "meteórico" aplicado ao Benfica, enquanto outros casos muito mais graves, continuam com as decisões adiadas, quiçá à espera que caiam no esquecimento do tempo.

Do castigo agora revelado, tenho duas dúvidas que deixo no ar.
  1. Será este, finalmente, o momento em que vamos retirar o apoio a quem nunca o deveria ter tido?
  2. Porque motivo Rui Gomes da Silva não compareceu no momento devido para explicar as suas declarações? Terá sido porque não tinha provas ou confiança naquilo que disse?
Devido às recentes eleições no clube e mudanças na SAD, Rui Gomes da Silva não deverá ter qualquer prejuízo por este castigo, já que deixou a SAD e aparentemente o castigo só se aplica nesse âmbito. No entanto, poderia ser de valor aproveitar este incidente para retirar Rui Gomes da Silva da antena da SIC. Os espectáculos absolutamente miseráveis que lá se dão todas as segundas-feiras, não dignificam o Benfica e ainda menos por estar em antena um membro de um órgão oficial do clube.

Para finalizar o artigo relembro dois casos que passaram em branco até agora e que esperava eu que tivessem a mesma atenção por parte da Comissão de Disciplina da Federação e do senhor Herculano Lima.
  1. As declarações de Vitor Pereira a respeito das faixas de campeão.
  2. O caso do incêndio na Luz em que da parte do Benfica já foi castigado quem tinha que ser.
E assim continuamos. A ver impávidos e serenos enquanto nos fazem o maior mal que puderem.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Está tudo possuido!

O nosso consócio Paulo Parreira, vulgarmente conhecido como "adepto possuído", teve uma das melhores intervenções deste ano em AG do Benfica. Foi quase unânime o elogio geral que mereceu a sua intervenção na conturbada AG de dia 27 de Setembro último e eu pessoalmente, gostava de ter presenciado o momento. Através dos vários relatos (inclusivamente do próprio) que foram transparecendo acerca do discurso, era notória a mágoa que ele sentia pela divisão clivada nos sócios do clube. Através da blogosfera benfiquista, tomei conhecimento de que existe um vídeo no YouTube com o discurso e após o ouvir, ainda mais fascinado fiquei com este consócio que a brincar a brincar vai dizendo muitas verdades. E dessas, há algumas que nos custam a ouvir.
Deixo o referido video em baixo para que também possam ouvir benfiquismo puro a falar.



Quem também está possuído é Tito Vilanova. O treinador catalão deixou de fora da convocatória para amanhã o potencial melhor do mundo de 2012, entre 6 jogadores "titulares". Iniesta fica de fora deste jogo, assim como Xavi, Mascherano, Cesc, Jordi Alba e Pedro. São muito menos dores de cabeça para Jesus, em especial a dupla maravilha do meio campo blaugrana, mas que ninguém tenha dúvidas de que os que jogarem vão ter valia elevada na mesma. Continuará a ser muito difícil ganhar lá, e como já referi anteriormente, sou apologista de fazermos a nossa própria gestão de jogadores neste jogo. É que segunda feira há o derby da vida do Sporting, que temos obrigatoriamente de vencer.
Volto a repetir, não me importo de ir para a Liga Europa caso isso dê mais condições de ganharmos campeonato e Taça (ao vencermos os lagartos). O que eu quero mesmo é a dobradinha em Maio próximo.

Missão Benfica



Eu vou comprar o livro para ler e tentar perceber porque se tomaram algumas decisões com as quais discordo. Espero que o trabalho do jornalista tenha sido sério e que o trabalho resultante se enquadre na grandeza do Benfica.

Para já, as frases fortes ditas na apresentação do mesmo não me deixam tranquilo. 
O Benfica não pode ter alguém a presidi-lo que diga que nos fez mal ganhar um campeonato, ou que não estávamos preparados para esses voos, quando ao longo da história foi sempre isso que fizemos e nos orgulhou.
Não podemos também admitir que 3 anos após o famoso Mandato desportivo, se diga que estamos a criar as condições para o Benfica ganhar muitas vezes no futuro.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Análise ao R&C 2012/2013 - 1º Trimestre

Após analisar o Relatório e contas disponibilizado pelo Benfica no fim de semana, tenho a dizer que no geral estou agradado com uma mudança de política financeira. Pela primeira vez desde 2003, o passivo total do Grupo Benfica baixou e isso é o grande aspecto positivo a relevar. Não baixou tanto como eu gostaria, mas verifica-se uma inversão da escalada que se tem vindo a verificar nos últimos anos e só posso esperar que seja para continuar. Claro que estes resultados estão fortemente impulsionados por duas vendas, no caso Javi e Witsel, mas ainda assim é bom ver que, e ao contrário de outras ocasiões, o dinheiro recebido foi aplicado em parte onde deve ser.
Ficam em baixo alguns dados relevantes e uma notas que penso serem importantes.

  • Dados
  1. Resultado liquido: 24,2M€ (+60,8%)
  2. Resultado Operacional: 28,6M€ (+53,5%)
  3. Proveitos com atletas: 43,8M€ (+108,5%)
  4. Vendas de atletas: 63,6M€
  5. Compras de atletas: 18,1M€
 
  • Aspectos Positivos
- Redução de passivo e recuperação de Capitais próprios positivos.
- 10M€ em depósitos à ordem (dinheiro em caixa).
- Diminuição substancial do Factoring, de cerca de 37M€ para cerca de 20M€. Estes empréstimos "avançam" o recebimento de transferências de jogadores e são pagos em condições muito menos favoráveis que empréstimos normais.

  • Preocupações
- descida da receita da quotização em 12,1% (272 mil euros). Muitos sócios deixaram de ter condições para pagar as suas quotas.
- descida da receita dos cativos em 18,2% (100 mil euros). Reflectir o aumento do IVA na sua totalidade no preço final não foi uma boa política.
- A redução de custos com o pessoal é explicada pelo não pagamento de prémio relativo à passagem à fase de grupos da Liga dos Campeões que foi feito na época passada após a eliminatória com o Twente. Apesar das saídas de Capdevila, Saviola, Witsel e Javi, o Benfica não reduziu significativamente a sua folha salarial. Como destaques, entraram Salvio e Lima, sendo os seus salários aparentemente altos.
- Custos e perdas financeiros com um crescimento de 12,3% para 5,6M€. Pagou-se mais 610 mil euros que na época passada. A contribuir para isto está à cabeça o empréstimo obrigacionista de 50M€ pedido em Dezembro de 2011.
- Existem 122,1M€ em Empréstimos obrigacionistas e emissão de papel comercial com maturidades entre Dezembro de 2012 e Janeiro de 2014, dos quais se prevê que 118,1M€ sejam renovados no decorrer de 2013. Renovações a custos superiores, com os consequentes aumentos na rubrica de custos financeiros. 
- As obrigações bancárias até 1 ano atingem cerca de 178,1M€ (incluindo a maior parte dos 122M€ anteriores). Quanta capacidade de redução teremos ao longo de 2012/2013? Não me parece que muita.