origem

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Olho de Águia - Porto vs Beira-Mar

Em jogo referente à 4ª jornada da Liga Zon Sagres, o Porto recebeu o Beira-Mar no Dragão. O jogo foi arbitrado por Manuel Moura, que esteve algo infeliz, numa partida em que o vencedor é justo. Foi muito permissivo no capitulo disciplinar, permitindo que houvesse mais virilidade que o permitido. No capitulo do fora de jogo apenas um erro, em lance de bola parada. De resto validou mal um dos golos do Porto.

O vídeo está disponível para download em: http://cyberlocker.ch/sd7zqyjri02l
A palavra passe é socioencarnado

Mais uma vez, relembro que não sou dono da verdade e que esta é a minha interpretação.

  • Resumo
O árbitro Manuel Mota é um desconhecido da maioria dos espectadores do futebol português. Neste jogo de grau de dificuldade baixo, o árbitro esteve abaixo do que se esperaria. Muito permissivo com entradas mais rispidas, permitiu que Mangala só visse o amarelo aos 83' quando ele se justificava bastante antes. Teria sido expulso o francês. Poupou também alguns aveirenses à sanção disciplinar e não é surpresa que o jogo acabasse com apenas 2 amarelos (um para cada lado). No capitulo do fora de jogo, destaque pela negativa num lance aos 2' em que Maicon parte de posição irregular num livre. Uma situação muitas vezes vista que teima em se repetir. Finalmente destaque ainda para a validação incorrecta do quarto golo portista, após uma falta atacante. Não teve influência no resultado pois a diferença entre as equipas foi suficiente para não se notar.

  • Lances Bem ajuizados
23' - Mangala joga a bola, antes do contacto com Nuno Lopes. Canto bem assinalado.
32' - Golo bem validade ao Porto, pois Jackson não comete nenhuma irregularidade.
80' - Amarelo bem exibido a Sasso por cortar jogada perigosa com a mão.
83' - Amarelo bem mostrado a Mangala por entrada perigosa sobre Balboa. Seria o segundo e consequente expulsão.
84' - Não há qualquer falta sobre Kleber, com o brasileiro a pontapear o terreno antes de Hugo limpar a jogada.

  • Lances Mal ajuizados com beneficio da dúvida
3' - Faltou o amarelo a Fleurival por entrada sobre Atsu.
14' - Ficou uma falta por marcar e um amarelo por exibir, a punir a pisadela de Balboa a James. Não é caso para vermelho pois não há qualquer intenção de pisar, mas o amarelo justificava-se.
71' - Há falta de Mangala sobre Bura (?) antes do cabeceamento de Maicon para o 4-0.
85' - A falta era a favor do Porto por mão de Nuno Lopes. O árbitro estava tapado pelo corpo do aveirense e não deve ter visto este a ajeitar a bola com a mão.

  • Lances Mal ajuizados Graves
2' - Maicon parte bem à frente da linha defensiva aveirense. Num lance de bola para não compreendo como não é assinalado este fora de jogo. Não deu em nada por mérito de Rui Rêgo.
42' - Mangala escapa ao amarelo com a complacência de Manuel Mota. Não só a falta é merecedora de cartão, como Mangala já havia feito faltas anteriores que justificariam o amarelo por persistência faltosa.

No final a vitória do Porto não sofre qualquer contestação. Mesmo sem os erros de arbitragem a vitória dos portistas era inevitável face ao que se passou no relvado do Dragão.

1 comentário:

  1. Caro Danilo,

    O que é preciso fazer, para um jogador dos corruptos ser expulso, no estádio do ladrão? Matar? O Mangala se fosse jogador do Benfica, não acabava a 1ª parte e ainda teriamos que ouvir os porcos, a comentar que era um sarrafeiro.

    Abraço,
    BMC

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.