origem

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Luisão - pagamento com juros ao Herculano

Aí está!

Luisão foi castigado com 2 meses de suspensão!

Estás pago Herculano...

Até ver os fundamentos da decisão, é só isto que escrevo.

6 comentários:

  1. Vá lá que parece que foram menos juros dos que pagaram ao Ricardinho para aguentar o tunel uns meses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Unknown,

      O túnel? Um dos casos mais transparentes da justiça desportiva em Portugal?
      Aliás todas as diligências tomadas e as respectivas datas em que ocorreram foram bem explicadas no acordão, que fundamentou cada uma das decisões.
      1. Incidentes dia 20 de Dezembro de 2009.
      2. Suspenção preventiva no dia seguinte.
      3. Decisão do CD da Liga dia 19 de Fevereiro.
      4. Decisão do CJ da Federação dia 24 de Março.

      Era virtualmente impossível obter uma decisão do conselho de disciplina da Liga mais cedo que 19 de Fevereiro de 2010. tal como o mesmo se passa para a decisão do Conselho de Justiça da FPF.

      Quando quiser lançar atoardas para o ar, certifique-se que sabe daquilo que fala.

      Eliminar
    2. Pena foi nessa transparencia o CJ da Federação contrariar a primeira decisão da liga e aplicar 3 jogos, ao invés dos 4 meses!!!!!!!!!!e graças a uma suspenção e decisão da liga que se revelaram ilegais, o clube ficou privado do jogador mais 2 meses que o legal...são as trasparencias que nos dão jeito

      Eliminar
    3. Caro Daniel,

      Você é mais um que vem falar do que manifestamente não sabe. Informe-se que lhe faz melhor.

      Factos:
      1. De 21 de Dezembro a 19 de Fevereiro, Os jogadores do Porto Hulk e Sapunaru estavam em suspensão preventiva, pois os incidentes foram postos nos relatórios dos árbitros. Era impossível jogarem mesmo que a decisão da Liga tivesse sido igual à da federação.
      2. A decisão da Liga de aplicar 4 e 6 meses a Hulk e Sapunaru respectivamente, prendeu-se no facto de terem considerado os ARD como agentes desportivos. Pena minima seriam 2 meses e a máxima 2 anos. Devido à gravidade da situação aceito perfeitamente as penas.
      3. A decisão da Federação de aplicar 3 e 4 jogos a Hulk e Sapunaru respectivamente, deveu-se ao facto de considerarem os ARD como equiparados a público, o que daria penas de 1 a 6 jogos. Com esse critério e devido à gravidade da situação aceito perfeitamente a decisão.
      4. No final da época 2009/2010, o Porto propôs uma adenda aos regulamentos da Liga, para que fosse explicitamente colocado nos mesmos que os ARD eram de facto Agentes Desportivos. A adenda foi aprovada por larga maioria. Curioso não é?

      Como vê, mais transparente que isto é mesmo impossível.

      Eliminar
  2. Queria recordar a esses senhores que o próprio Sapo Raro admitiu as agressões quando foi interpelado sobre o assunto na Roménia.

    ResponderEliminar
  3. Caro Danilo, segundo ouvi o fundamento foi "agressão sem danos graves à integridade física".

    É no mínimo curioso que alguém consiga dar como provado que o jogador agrediu o árbitro se em nenhum momento pelas imagens da TV se vê uma agressão.
    Os de lá de cima dizem que o Benfica e jogador podem agradecer à FPF pois assim talvez se livre de castigo nas competições europeias, com a desculpa que a FIFA deixe passar isso assim, já que o jogador já fica 2 meses suspenso das competições nacionais.

    Mas essa decisão, que até considero um mal menor, tendo em conta o movimento para a "criação de serial-killers" no Benfica que tem vindo a desenvolver-se ano após ano, leva-me a pensar nalgumas coisas:

    1- segundo disseram não houve relatório do árbitro, ou entretanto o rapaz lá se lembrou de o fazer? é que se não houve, então foi tomada decisão com base nas imagens? Curioso, golos em fora de jogo, bolas que entram 1,5 mts na baliza e outras, não são consideradas pela FIFA ou FPF, mas para esse lance do Luisão já serviram...

    2- abstraindo-me do acima, e tendo em conta as mesmas imagens da TV, fico sem perceber porquê que o Deco ou o Belluschi ficaram sem igual castigo, um por atirar uma chuteira ao árbitro e ter acertado, e o outro que andou às peitadas em Braga pelo menos 3 vezes (eu bem sei que o árbitro não caiu, mas o gesto é em tudo idêntico e repetido).

    Por tudo isto, e mesmo reprovando aquela correria desenfreada do Luisão, se eu fosse dirigente do Benfica recorreria desta pena, mesmo que isso pudesse implicar um agravamento do castigo. Se realmente acham que o jogador está inocente, então que lutem por prová-lo até ao fim.

    Ficar calados como têm estado, ou emitir um comunicado que nada acrescenta para além de dizerem que tomaram conhecimento do castigo, não me parece nada lógico nem claro.

    Se acham que o castigo é correcto então que o digam, se não acham então têm que reagir...

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.