origem

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Quando uma coisa é bem feita



O Benfica acaba de contratar o avançado Hugo Vieira a custo zero. É um jovem jogador português que deu bastante nas vistas numa das equipas que melhor futebol apresentou em 2011/2012. O Gil Vicente de Paulo Alves (atenção a este treinador que me parece ter um bom futuro) foi das equipas que mais me agradou ver jogar. Um futebol aberto q.b., com boa circulação de bola, com jogadores a saber exactamente o que fazer, com boas prestações frente aos grandes (só não venceu o Benfica ao longo da época) e com uma garra e atitude que cedo a fez destacar-se das outras. Fiquei contente pelo Benfica ter vencido a Taça da Liga (embora não tanto quanto gostasse) mas não me importo nada de dizer que a equipa de Barcelos mereceria o troféu igualmente, em virtude da sua carreira em 2011/2012.

Hugo Vieira parece-me ser um jogador com um sentido colectivo acima da média, com bons pés e capaz de ter boas decisões no tempo certo. Parece-me igualmente um jogador mais eficaz em contra-ataque pelo que estou curioso com o destino em campo que Jesus lhe vai dar. Parece-me que se adaptará melhor ao flanco esquerdo do ataque, em virtude de rematar bastante bem em zonas interiores e poder igualmente sacar bons cruzamentos em zonas mais laterais. Acima de tudo, parece-me uma aposta que faz todo o sentido nesta altura, com o jovem jogador em final de contrato e com uma expectável alta margem de progressão. No Gil Vicente já jogou a extremo, a organizador de jogo e a avançado.

Apraz-me igualmente registar que, finalmente, conseguimos fechar uma contratação sem um único "jornalista" (há muito que deixaram de o ser) tivesse sequer sonhado com isso. A noticia aparecer com a transferência já consumada é um grande motivo de satisfação, pelo que faço votos de não ser caso único daqui para a frente.

Os meus parabéns ao presidente e à sua estrutura do futebol por esta "coisa bem feita". Que seja para continuar.


PS: Espero que esta contratação (e as que se lhe seguirem) não signifique deixar por resolver os problemas do plantel principal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.