origem

sábado, 19 de maio de 2012

O sofrimento de um Benfiquista

O Benfica acaba de bater o Porto no terceiro jogo da final do play-off, por 67-66. Coloca-se assim em vantagem de 2-1 em jogos, com a possibilidade de se sagrar amanhã campeão, caso vença o quarto jogo.

Muito bem equipa, mas escusavam de, à semelhança do que se passou no segundo jogo, nos deixar com o credo na boca até ao final. À entrada para os últimos 3'30'', vencíamos confortavelmente por 63-51. Inexplicavelmente, o jogo acaba 67-66, com a possibilidade de reviravolta a durar até ao fim. Mesmo quando Ted Scott fez o 67-62 a 8 segundos do fim (!!), após dois lance livres convertidos, os benfiquistas não puderam sossegar. A reacção que permitimos ao Porto é digna de um jogo dos infantis. 

Enquanto ganharmos, acho que não me importo de sofrer desta maneira. O problema é que estes jogos podem facilmente pender para o adversário, sendo o aborrecimento e sentimento de frustração imensos, caso caiam mesmo. A rever esta situação ok?

Para amanhã, não nos façam sofrer tanto, mas a sofrer, pelo menos garantam que o titulo fica em casa.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.