origem

terça-feira, 15 de maio de 2012

As assistências da Liga Portuguesa

Finalizado o campeonato, é hora de balanços.

Um dos que quero fazer anualmente, desde que criei o blog, é a respeito das assistências nos estádios de Portugal. Fui retirando os números oficiais apresentados pela Liga (podem ver a tabela completa na página Registos Encarnados aqui do blog), e no final de mais uma época, é novamente o Benfica que mais gente leva aos estádios, retirando os jogos grandes para efeitos comparativos. Tendo em conta que nos nossos jogos como visitante, os preços dos bilhetes são em média 40% superiores aos preços de quando os outros lá vão, ainda se torna mais significativo. Damos mais dinheiro em bilheteira aos clubes pequenos que ambos os adversários e isso nunca poderá ser menosprezado.

Numa época em que o campeão ficou mais ou menos decidido no clássico da Luz, as assistências a partir daí ressentem-se um pouco para o Benfica mas nem por isso sobem significativamente para o Porto. O Sporting foi uma agradável surpresa durante todo o ano. Não só colocam mais gente que o Porto nos estádios por esse país fora, como o fazem regularmente. Em termos totais (contando todos os jogos) é mesmo o Sporting que teve mais adeptos a ver os seus jogos fora de casa. Tal facto não será alheio a terem registado a assistência da Liga no estádio da Luz com mais de 63 mil espectadores nas bancadas. (Sempre os benfiquistas...)

Podem ver em baixo os totais na análise para cada equipa:
  • Benfica
Estiveram no Estádio da Luz 636.954 espectadores na época de 2011/2012, correspondendo a uma assistência média de 65% da lotação do estádio. Os números baixam para os 515.586, se retirarmos os dois jogos grandes, correspondendo uma ocupação média de 61%. Números razoáveis mas bastante abaixo do que esperava. Acho que duas razões contribuíram muito para este desfecho: o preço exorbitante cobrado pelo Benfica em jogos em casa (as finanças assim o obrigam) e a carreira na Liga dos Campeões que motivou muitos adeptos a guardarem-se para esses encontros (no total foram feitos 7 jogos europeus esta temporada).

Mas é nos jogos fora de casa, que o Benfica mostra verdadeiramente a sua força. Relembro que em média os preços são 40% superiores para os nossos adeptos (o caso do Feirense é apenas o mais significativo de uma longa lista). No total estiveram nos estádios alheios 216.850 espectadores que correspondem a uma assistência média de 77%. Retirando os jogos em Alvalade e no Dragão a assistência desce para os 119.930 espectadores que correspondem a uma média de ocupação de 74%. Os casos paradigmáticos de Leiria (com 160% de lotação!!), Gil Vicente (100%), Olhanense (86%) e Paços de Ferreira (88%) ajudam a explicar muito deste sucesso. Nem mesmo o facto do jogo com o Feirense ter sido realizado em Santa Maria da Feira, ao contrário dos outros dois grandes que o realizaram em Aveiro (Com quase 7 vezes mais capacidade!!), serve para amenizar a nossa vantagem em termos de total de espectadores (sem contar com os jogos grandes). Temos mais 7 mil espectadores que o Sporting e mais 15 mil que o Porto em estádios que muitas das vezes levam 5 mil espectadores. É obra de facto. As assistências finais são no entanto bastante penalizadas pelo facto do Benfica já estar praticamente afastado do título. Os casos de Vila do Conde (34%) e Bonfim (36%) demonstram bem a falta de interesse que os jogos tiveram, sendo estes dois, os únicos jogos em que o Benfica teve menos de 45% dos espectadores no estádio.


  • Porto
Estiveram no Estádio do Dragão 527.644 espectadores, que correspondem a uma assistência média de 70% da lotação. Ao retirarmos os clássicos do Dragão, este números baixam para 427.921 espectadores e uma média de 65% da lotação. Também o Porto sofre com uma politica de preços inflacionados (as finanças assim o obrigam), sendo uma das razões porque não têm mais adeptos no seu estádio num ano em que foram campeões. A qualidade do futebol apresentado também não ajudou.

Fora de casa, o Porto continua a ser o mais fraco de todos os três. A regionalidade do clube nem serve de desculpa, pois muitos jogos são bastante perto de casa e a preços muito acessíveis. No total 211.449 espectadores viram o Porto como visitante, correspondendo a uma média de 62% da lotação. Nem parece muito distante do Benfica no total, mas retirando os clássicos de Alvalade e Luz os números baixam para 104.372, que correspondem a uma média de 57%. Parece-me pouco para um campeão. As assistências obtidas em campos como o de Aveiro (15%), Vila do conde (50% na festa do campeão), Coimbra (30%) ou Bonfim (30% com o campeonato praticamente no bolso) são disso exemplo. Acho que o futebol dos azuis nunca entusiasmou os adeptos.

  • Sporting
Estiveram no Estádio de Alvalade 517.408 espectadores, que correspondem a uma assistência média de 69% da lotação do estádio. Parecem-me número muito bons, tendo em conta o que foi a época verde. Os preços mais acessíveis (especialmente em lugares anuais) que o Sporting oferece, são em grande parte a causa destes valores. Se retirarmos os jogos contra Benfica e Porto, os números baixam para os 421.144 espectadores, que correspondem a uma média de 65% da lotação. Apenas menos 6 mil adeptos que o campeão, numa época em que terminaram a mais de 15 pontos do primeiro é de saudar.

Fora de casa, as suas assistências cifraram-se por 225.912 espectadores, que correspondem a uma média de 64% da lotação. em termos absolutos são, como já referi em cima, a equipa que mais gente teve a assistir aos seus jogos como visitante. Se retirarmos os jogos com os grandes, estes números baixam para os 112.554 espectadores, que correspondem a uma média de 58% da lotação. 


Como conclusão, deixo aqui duas notas:
  1. O Benfica manteve o número de assistências totais sem os jogos dos Grandes (119.930) em relação ao ano passado (119.920), ao passo que Porto e Sporting subiram significativamente. Uma subida de 13 mil no caso do Porto e de 11 mil no caso do Sporting. A diferença está na percentagem de ocupação dos estádios, onde o Benfica cresceu quase 20% (significa mais gente em estádios menores e menos em estádios maiores) ao passo que Porto e Sporting cresceram "apenas" 6% e 8%.
  2. No total de espectadores, o campeão foi o que teve menos assistências dos três grandes. O Benfica tem mais 100 mil espectadores que o Sporting e este tem mais 4 mil espectadores que o Porto. Curiosamente esta é a diferença de espectadores no Estádio da Luz nos jogos com Sporting e Porto.
    1. Benfica com 853.804 espectadores.
    2. Sporting com 743.320 espectadores.
    3. Porto com 739.093 espectadores

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.