origem

domingo, 20 de maio de 2012

Os reis da penumbra

Este artigo não vai versar directamente sobre o Benfica, e apesar de eu pensar que, muitas vezes é dar tempo de antena a quem não o merece, neste caso não posso deixar de falar acerca disto.

Surgiram três notícias nos últimos dias que definem bem o comportamento anti-desportivo e manifestamente persecutório do Porto, face a quem não se verga ao seu jugo ou a quem declaradamente considera como inimigo. Simboliza tudo aquilo que, em meu entender está mal neste futebol. A maneira de mostrar a tudo e todos quem tem o verdadeiro poder neste "futeluso" é ao bom estilo da Camorra italiana...
  1. A Federação chumbou pela segunda vez o alargamento (já com o recurso à liguilha/play-off) no dia seguinte ao Porto manifestar intenções de impugnar a decisão da Liga.
  2. O Porto meteu um requerimento na Liga, com vista à despromoção do Marítimo.
  3. O belga Steven Defour confirmou em entrevista ao DN, que foi "aconselhado" pelos dirigentes azuis, a não ser visto publicamente com Witsel, sob pena de isso lhe causar dissabores com os próprios adeptos.
Começando pelo ponto um. Afirmo desde já, que sou contra o alargamento (este ou outro qualquer) sem antes de verificar uma alteração drástica na legislação, fiscalização e punição dos clubes profissionais. Um clube profissional, tem de ser viável. Não pode ser o que temos hoje, em que 80% dos clubes profissionais não têm recursos suficientes para fazer face aos seus vários compromissos. É uma completa farsa, que se permitam a clubes, como os Vitórias (SC e FC) ou a União de Leiria disputar uma prova profissional, tendo o acumular de dívidas que estes clubes apresentam (regular e cronicamente). Posto isto, é elucidativo o seguinte: O Porto avançar com uma ameaça de impugnação à proposta de alargamento, indo contra o presidente eleito (que só o foi por causa de abanar a cenoura do mesmo alargamento aos clubes pequenos) mas que se for feita uma pesquisa séria, é facilmente conotado com o Porto (através das relações muito próximas com Adelino Caldeira). A ameaça, visa unica e simplesmente mostrar a todos, quem manda no futebol. E que caso se aja contra o clube, o destino é "facilmente" traçado. Sabemos bem todos, como o Porto é fértil em angariar clubes para os seu lado (afastando de cena os que não se "aliarem")

Já sobre o ponto dois, oferece-me dizer o seguinte: A única razão pela qual o Porto apresentou o requerimento com vista à despromoção do Marítimo, é a afronta deste no caso do Kléber. Pessoalmente, não tenho quaisquer dúvidas que o jogador foi aliciado. Aliás todo o negócio (incluindo o ridículo do Porto pagar menos ao Atlético Mineiro que o Sporting e ainda assim ver a sua proposta aceite em detrimento da do clube de Alvalade) cheira a esturro. O Marítimo quis fazer valer os seus direitos e afrontou directamente o clube azul. Cuidado Marítimo.
Mas caso o Marítimo tenha mesmo recorrido aos tribunais comuns, acho justo que tenham o mesmo destino que o Gil Vicente. Espero é que isto se resolva rapidamente. Caso fosse um clube "amigo" a ir para os tribunais comuns, nunca o Porto se meteria nestas confusões. Mais uma vez querem mostrar quem manda.

Finalmente o ponto três. Aqui é visível a doença e ressabiamento que impera naquele clube. Defour e Witsel, amigos de Liége, tendo passado excelentes anos no Standard, são "obrigados" a ver-se às escondidas. Se não fosse uma coisa já usual naquele clube, era motivo para rir, tal o ridículo da coisa. Em vez de se usar estes dois jogadores para mostrar que a rivalidade é boa, e que nada impede que rivais sejam grandes amigos, e ainda assim lutem pelos mesmos objectivos, não. Usa-se esta ligação, precisamente ao contrário. É simplesmente cretino e de muito baixo nível. 

Essencialmente, este Porto de Pinto da Costa (não confundir com o clube criado por Monteiro da Costa em 1906) é isto mesmo. Um clube que está no seu meio atrás de portas fechadas, em sussurros pelos corredores escondidos, em guerras assumidas com quem deveria ser seu aliado pela verdade desportiva, em tráfico de favores e muitas vezes em chantagem e coação sobre agentes desportivos. Em suma, um clube à verdadeira imagem de quem o dirige há 30 anos.

Infelizmente, parece-me que o actual presidente do Benfica quer fazer algo similar no meu clube. Espero e desejo estar enganado, e também que a estar certo, existam benfiquistas que não o permitam.

8 comentários:

  1. O vitoria não foi para a 2º nessa época. Na época em que eles ficaram em 3 e depois tentaram que o porto fosse retirado da champions para entraram directos eles estavam a regressar da 2º, e é um clube que nunca e prejudicado, e nos benfiquistas sabemos isso. Parece me practica recorrente neste blog destorcer factos, o que e desnecessario pois relatar a realidade ja e vergonhoso para os corruptos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carl Anónimo,

      Muito Obrigado pelo reparo. Esta foi uma daquelas situações em que as "certezas" eram quase totais, mas como não estou aqui para enganar ninguém a informação já foi retirada.
      Peço-lhe desculpas a si e aos restantes leitores pela falha. Deveria ter confirmado antes de publicar.

      Eliminar
  2. Excelente, Danilo.
    Quanto ao teu anseio, so tenho uma coisa a dizer : LUX FIAT !

    L.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro L.,

      Quero acreditar que os benfiquistas (presidente incluído), irão defender o Benfica.

      Eliminar
  3. Mas se já aconteceu que foi "aconselhado" aos atletas do Porto a não conviverem com os do Benfica ........ ao nível de INFANTIS! O que mais se pode esperar destes ...... destes ...... "associais" ... para não lhes chamar mais nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Seismilhoesum,

      É de facto abjecto que isso se passe. Mostra bem a cultura absolutamente nojenta que está implantada nesse clube.

      Esperemos que os pais e educadores sejam pessoas minimamente capazes de distinguir o que é o desporto saudável e o que é a clubite perniciosa.

      Eliminar
  4. Eu sou Benfiqusta, e sofro como todos voçés com as derrotas e épocas sem ganhar, mas ja estou farto que as nossas derrotas sejam sempre da culpa dos porcos, nos perdemos porque somos mais nabos que eles, ou seja se o Benfica tem a massa adepta que dizem,temos a capacidade de for4ar as autoridades da materia a verdade desportiva, nao é a ficar-mos para aqui a chorar contra este ou aquele que vamos longe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      O artigo não serviu para "desculpabilizar" quem quer que seja das nossas derrotas. Aliás se segue o blog com regularidade, verá que aqui se aponta muito do que está mal (em minha opinião claro)

      Quanto ao mudar o que está mal, se a Direcção do Benfica é a primeira a pactuar com a podridão instalada, que podem os seus adeptos fazer? Para que o Benfica mude alguma coisa, primeiro tem que o governa que querer essa mudança. E olhe que não é apoiando múltiplas vezes corruptos que isso se faz.

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.