origem

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O primeiro dia de Djaló

Após o anúncio da sua contratação, na segunda ao final da noite, estava curioso para ver o primeiro dia de Djaló à Benfica. Nem sei bem o que esperava, pois se é certo que a última camisola que vestiu foi verde e branca, também não é menos verdade que isso já foi há cerca de 5 meses.

O primeiro dia de Benfica começou às 9h da manhã, com a sua chegada ao Seixal. Ao que sei, já efectuou o treino da manhã tendo-se inserido no grupo de trabalho com relativa tranquilidade. Da parte da tarde novo treino (desta feita à porta aberta) e mini-entrevista ao canal do clube. 

Do que vi no treino conjunto, esteve bastante participativo e alegre. Conversou com vários dos novos colegas e participou nas palhaçadas e brincadeiras com eles. Brincou com a bola e até deu para mostrar dotes de malabarista com ela. A relação com o público presente no Seixal (que enormes!) foi excelente com interacção da bancada para o relvado e vice-versa. Aos incentivos respondia com sorrisos e palmas. Acho que não podia ter tido melhor recepção. Apesar da longa paragem, apareceu bastante desenvolto e nada pastelão. Claro que os índices físicos não são os melhores, mas para o que passou até nem aparentou estar mal. 

Já na entrevista, confesso que me caiu no goto este rapaz. Bastante simples a forma como foi respondendo às questões, algumas delas bem dolorosas. A forma como tentou falar à Benfica também não passou despercebida. "Estou nas nuvens", "o comboio às vezes passa duas vezes e desta vez consegui apanhá-lo" são algumas frases que relevo, mas o que mais me impressionou, foi a forma desinibida como falou acerca das actividades enquanto a paragem durou. As "conversas" com o oceano, as corridas na areia, os desabafos. Aliás, o treino na praia explica, em parte, porque não pareceu molengão neste primeiro dia. Todo o discurso que ouvi acerca da fase negativa, foi bastante focado na ideia de que ia voltar a jogar e que não se podia descuidar. Se confirmar nas acções o que o discurso promete, poderemos ter aqui um belo reforço para os próximos anos.

Conclusão? Confesso que me entusiasmou neste primeiro dia. Seja humilde e trabalhador e tem tudo para vingar de manto sagrado. E ele sabe disso, parece-me. No resto, os benfiquistas saberão acarinhá-lo e porventura poderá estar aqui mais um diamante para juntar à coroa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.