origem

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

As palavras de Jesus

Jorge Jesus deu ontem, na minha opinião, uma das melhores conferências de imprensa desde que está no Benfica. Aqui há dois anos, e mesmo no ano passado, esta conferência de imprensa seria motivo para cantar louvores a si próprio.
«São as condições que temos, não são elas que nos impediram de vir com confiança num bom resultado. O relvado é igual para as duas equipas. Não estamos habituados a este relvado nem ao frio, mas estamos mentalizados para jogar assim»
Não ignorou o estado do tempo e do campo, mas focou a equipa no que é preciso fazer.
«O Zenit tem um excelente treinador, só aqui se percebeu a forma apaixonada como se interessou pela equipa do Benfica. Comigo passa-se exatamente a mesma coisa, tentei fazê-lo também, mas o Zenit está parado há algum tempo e tivemos de recorrer a alguns jogos no campeonato, não tão atualizados, para estudarmos o nosso adversário. Mas estamos identificados com a equipa, com as novas tecnologias é fácil estudar os adversários. Estamos preparados, sabendo que teremos dificuldades porque vamos defrontar um adversário muito forte»
«Falou em alguns jogadores que são as primeiras escolhas do Zenit, mas não são todos. É verdade que o Zenit tem ausentes dois jogadores que jogam normalmente, mas o Benfica também tem o Javi Garcia. Quanto a essas baixas, o Benfica vai jogar como sempre, independentemente do onze que for lançado pelo Zenit» 
Já avisou que o Zenit tem uma boa equipa e que nos estudou bem. Nem as suas baixas (duas importantes no entender do técnico) serão grande motivo para celebrações antecipadas. O Benfica vai ter de trabalhar muito se quiser sair da Rússia com um bom resultado.
«Isso é uma prova da qualidade do Benfica e da experiência que adquirimos ao longo da Liga Europa e da Champions. Este ano entrámos com mais ambição e com características diferentes na equipa. Com todo o respeito pelo adversário, queremos passar, porque achamos que temos valor para isso» 
Referindo-se à campanha Europeia de 2011/2012, referiu muito bem os ajustes que foram feitos no plantel, assim como a experiência que a campanha de 2010/2011 trouxe aos jogadores e equipa técnica. Sempre com a mente focada no que temos de fazer, não perdendo tempo com bazófias estéreis (porque também há momentos em que é preciso dar uma de bazófia)

Gostei imenso, e nota-se este ano que algo mudou face a épocas anteriores. Ainda bem para o Benfica e para o próprio Jorge Jesus

Não tenho dúvidas que o Benfica vai marcar golos hoje. E parece-me que vão ser múltiplos...

1 comentário:

  1. Excelente o nosso mister. Apesar das dificuldades também acho que podemos sair da Rússia com um resultado bastante positivo. Força aos nossos meninos!

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.