origem

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Falta de Vergonha!

Há alguns dias atrás (AQUI) vaticinei as nomeações de Artur Soares Dias para Coimbra e Pedro Proença para o Clássico. Em Coimbra surgiu Hugo Miguel, mas a actuação foi digna de um Artur Soares Dias. Ontem começou a ser ventilado que Pedro Proença vai ser o árbitro do Clássico (a decisão deve ser anunciada hoje ao inicio da tarde).
Desde que o Porto empatou em Alvalade (14ª jornada) o Benfica fez 6 jogos para o campeonato com diferentes árbitros. A saber:
  • 15ª - Benfica vs Vitória FC - Hélder Malheiro
  • 16ª - Benfica vs Gil Vicente - Marco Ferreira
  • 17ª - Feirense vs Benfica - Rui (Gomes) Costa
  • 18ª - Benfica vs Nacional - Jorge Sousa
  • 19ª - Vitória SC vs Benfica - Carlos Xistra
  • 20ª - Académica vs Benfica - Hugo Miguel
É também relevante notar que à 17ª jornada o Porto perdeu em Barcelos, ficando a 5 pontos da liderança. Conseguem ver o padrão? Eu consigo. Nos jogos teoricamente mais fáceis (os dois primeiros da lista e com o Porto a dois pontos) os árbitros enviados não causaram grandes problemas e os jogos até foram bem disputados, tendo inclusivamente o Gil Vicente estado muito perto de uma surpresa na Luz. Não houve casos de maior nesses jogos e o Benfica acabou por vencer bem.
E nos restantes? Bem, nos restantes, foi o circo completo. Árbitros anti-Benfica, que são sempre chamados nas altura de decisão, para dar aquele peso adicional que tão bem conhecemos.
- Na Feira, e descontando tudo o que se passou no pré-jogo, o Benfica foi vitima de autêntico roubo. Mesmo que na CS em geral se fale apenas e só de um lance (e tratando-o como se o Feirense já estivesse em vantagem). Apesar disso, a estrelinha estava connosco e conseguimos superar a turbulência causada pelo irmão do Paulo Costa...
- Na jornada seguinte, na Luz, o árbitro Jorge "SD" Sousa, só não fez pior porque o Benfica não lhe deu hipóteses. A máquina ofensiva carburou em pleno nesse jogo e nem mesmo a sucessão de más decisões nos impediu de conquistar uma vitória folgada frente a um Nacional pouco mais que medíocre.
- Em Guimarães, o "Xistrema" nem teve que "trabalhar" muito, face à fraca exibição encarnada. Ainda assim, várias faltas a meio campo e alguns cartões por mostrar a jogadores do Vitória ficaram por assinalar e mostrar. E ainda o lance sobre Rodrigo em que tem o beneficio da dúvida (para mim obviamente).
- Em Coimbra o roubo atingiu proporções épicas. Hugo Miguel não viu aos 8 minutos o braço dentro da área da Académica, mas poucos minutos depois não deixou passar (e bem) uma mão parecida de Bruno César nas imediações da área benfiquista. As faltas dos jogadores da Académica originaram 3 cartões amarelos, quando se justificavam mais alguns e mais cedo. Adicionalmente houve mais 2 cartões por manifesta perda de tempo, aos 90 e 90+4 facto que me faz rir para não chorar. E houve aquela aberração de transformar uma grande penalidade em falta de Aimar. O que é certo é que o Benfica falhou muitas chances de marcar e é nisso que se fala...

É impossível não sentir o peso da mão do Puppet Master em acção, a puxar os cordelinhos. E nós calados e a apoiar corruptos para cargos de (ainda mais) poder...
E agora, para o clássico, chamam Pedro Proença, que não é mais que um dos moços de recados que são chamados quando é necessário empurrar o Benfica para baixo. As situações são por demais evidentes e sempre em prejuízo dos mesmos. E a juntar a isto, temos mais dois dados que definitivamente não auguram nada de bom:
  1. Proença foi agredido por um adepto benfiquista no centro comercial próximo do Estádio da Luz
  2. Proença foi "visto" a sair de pleno Estádio do Dragão no último Domingo aquando do jogo Porto vs Feirense. Podem ler o relato de "quem" o viu aqui
Relativamente ao ponto 2, apetece-me perguntar se o pai do Proença também anda em "boas" companhias... O Guru dos conselhos matrimoniais ajuda de todo o coração...

Vai ser difícil contrariar isto na próxima Sexta Feira? Vai ser muito difícil. Vamos conseguir derrotar toda esta escória? Não tenho qualquer dúvida!

2 comentários:

  1. O polvo está vivo e bem vivo. Desta vez puseram o "Benfiquista" a arbitrar um jogo desta importância, um árbitro que na dúvida decide sempre contra o Benfica, e quando não há dúvida, inventa-a.

    ResponderEliminar
  2. Nem eu esperava tamanho roubo. Nestas alturas pergunto onde andou quem nos dirige, porque parece que não se passa nada...

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.