origem

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Previsiveis

  • Depois de semanas a falarem do "suposto" interesse encarnado, cá está o desfecho programado. Diego Reyes entra "oficialmente" na órbita do Porto e deverá mesmo ser reforço em Janeiro.  Não sei é onde arranjaram o dinheiro para o pagar (pode ser que sigam o exemplo feito aos belgas).
 

Ainda há quem ligue a estas manobras? Acho que já toda a gente percebeu, que o Glorioso não esteve interessado neste jogador e que as noticias vindas a publico nas últimas semanas apenas servem para se passar mais uma vez a mensagem de que o Porto "rouba" jogadores ao Benfica. Se durante algum tempo acreditei ser esse o caso, nomeadamente em casos como os de Falcão (reconhecido por Rui Costa), Alvaro Pereira, James Rodriguez,  entre outros mais antigos, que incluem Lucho, Lisandro e até Jardel, nos dias de hoje não acredito minimamente que eles nos roubem jogadores desta forma.

Aqui há uns meses atrás, publiquei um artigo a versar sobre isto, relativo à transferência de Ola John. Na altura suponha eu que o Benfica não estivesse interessado e que fosse apenas para vender jornais (e eventualmente associá-lo ao Porto), mas tive "azar" e foi precisamente esse jogador que contratámos.

Neste caso, bem podia ter feito o mesmo, que teria desta vez acertado. O mesmo se passa em relação a Caballero.

  • Luis Filipe Vieira concedeu uma grande entrevista ao jornal Record. Mais uma vez, era bastante previsível, depois do acordo alcançado entre Clube e Jornal para enterro do machado de guerra. Em minha opinião é má política associar-mo-nos desta forma ao jornal Record, mas poderei estar errado.

Da entrevista, saem duas ideias base. Uma é que o Benfica está contente com o que tem e que não se perspectivam entradas. A outra é a de que o Clube não entrará em loucuras financeiras devido ao clima de crise que se vive.


4 comentários:

  1. Tens razão. Isso é uma notícia, assim como a do Caballero, criada pela máquina de propaganda para combater o facto do Benfica ter ido buscar um jogador que foi formado no Porto, André Gomes, que vai ser um grande jogador, e que foi despedido, mostrando à saciedade a incompetência que grassa no sector de formação do clube andrade. Este facto deve estar a criar nos andrares uma azia descomunal.
    O Benfica nunca esteve interessado neles. Temos muitos e os melhores centrais da Liga.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Manuel,

      Não sei se será essa a razão pois nos últimos anos temos visto repetições iguais a esta e o André ainda nem "sonhava" que ia jogar na equipa principal.

      Eu não diria que o Benfica nunca esteve interessado nos jogadores, mas o empolamento que sempre deram às noticias é única e exclusivamente para passar a mensagem de que o Porto nos rouba jogadores. Fizessem eles o mesmo em relação aos campeonatos...

      Eliminar
  2. Eu quando vi a capa do Ojogo, só disse: Já sabia!
    O Ojogo andava a fazer campanha diária e exaustiva, sempre a dizerem que o Benfica o queria e que ia avançar para o negócio. Mas depois viu-se o empresário a negar propostas do Benfica tal como o próprio Diego Reyes. Como tu disseste e bem: isto é tão previsível.
    No entanto, apesar da nojeira que é o Ojogo, quero muito acreditar na notícia que eles lá têm na 1ª página sobre o Benfica: "Argentino (Aimar) com proposta para acabar a carreira na Luz e integrar a estrutura do clube". Era lindo que isto acontece-se se bem que em vez de se tornar num dirigente qualquer no Benfica, eu gostava que ele fosse treinar nas camadas jovens para no futuro vir a ser o treinador da equipa principal do Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro hertz,

      Tão previsível que prevejo que não fique por aqui...

      Quanto à noticia sobre o Pablo, espero que seja verdade. O Benfica merece homens como o Pablito nos seus quadros.

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.