origem

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Olho de Águia - Braga vs Porto

Em jogo da décima jornada da Liga Zon Sagres, jogo grande em Braga, com o Porto a defrontar o Sporting local. Com uma péssima arbitragem de Carlos Xistra, os portistas saíram de Braga com mais três pontos. O árbitro não esteve novamente em dia bom, à semelhança do que se passou em Coimbra na 4ª jornada.

O vídeo está disponível para download em:
http://rapidshare.com/files/2083424694/LigaZonSagres_12-13_10_SCBvsFCP.rar
A palavra passe é socioencarnado
  • Resumo
Carlos Xistra teve uma noite para esquecer em Braga. Dualidade de critérios, permissividade no capitulo disciplinar, faltas por marcar, ao contrário e mal marcadas, enfim, de tudo um pouco, incluindo expulsões perdoadas e penalties por assinalar. Inclusivamente atingiu o ridiculo de acabar a primeira parte sem dar desconto, antes do Porto marcar um livre perigoso e quando a falta que originou o livre tinha sido um minuto antes. Xistra voltou a mostrar o quão incompetente é, sem critério algum, ao sabor do vento. Permitiu quase tudo a Ismaily e Fernando que saem do jogo com apenas um cartão amarelo.
  • Lances Bem ajuizados
3' - Otamendi está em jogo no momento do passe de Lucho.
9' - Alan parte em claro fora de jogo aquando do passe de Douglão.
12' - Rubén Micael controla a bola com o braço. Não justificava o amarelo.
38' - Amarelo bem mostrado a Fernando por derrubar Rubén Micael sem bola. Seria o 2º e consequente expulsão.
47' - Não há qualquer falta de Salino sobre Varela na área. No ombro a ombro o portista foi mais fraco e caiu.
52' - Amarelo a Custódio por agarrar James, quando este saia para o contra-ataque.
55' - Éder controla a bola com o braço. Tal como com Rubén Micael não se justificava o amarelo.
71' - Amarelo bem mostrado a Ismaily por derrubar James depois deste passar por ele. Finalmente admoestado Ismaily, depois de algumas situações que Xistra deixou passar em claro. Seria o 2º, caso tivesse visto amarelo numa das situações anteriores.
87' - Amarelo a Salino por derrubar Fernando quando este saia para o contra-ataque.
  • Lances Mal ajuizados
13' - Douglão derruba Varela quando este ia criar perigo pelo flanco esquerdo. Amarelo por mostrar.
18' - Fernando devia ter visto o amarelo por derrubar Rubén Micael, quando este saia para o ataque.
20' - Rubén Micael devia ter visto amarelo pela falta perigosa sobre Lucho. Bem o árbitro a dar a lei da vantagem mas deixou o cartão amarelo no bolso.
21' - Alex Sandro corta o remate de Alan com o braço. A equipa de arbitragem deu canto, quando se impunha a marcação de penalty e amarelo para o jogador do Porto. Não era situação para vermelho directo.
31' - Otamendi joga a bola cortando a iniciativa de Éder. Não há qualquer falta.
45' - Amarelo por mostra a Alan por falta perigosa sobre Varela. O bracarense iria ver outro amarelo já no final do jogo que seria o segundo.
45' + 1' - Xistra acaba a primeira parte de forma anedótica. Depois da falta de Alan sobre Varela, passou mais de um minuto em que os animos se exaltaram. Xistra não só não deu qualquer desconto de tempo, como ainda por cima acaba a primeira parte quando Moutinho se preparava para bater o livre (perigoso) para a área do Braga. Ridiculo.
48' - Éder empurra Danilo pelas costas antes de este agarrar a bola. O árbitro assinalou a segunda infracção.
49' - Em lance que exemplifica a desastrosa arbitragem, Mangala trava Alan, agarrando-o ostensivamente, quando o extremo do Braga passou por ele em direcção à área portista. Xistra assinalou a falta mas deixou o amarelo por mostrar.
59' - Hugo Viana devia ter visto amarelo pela falta "profissional" sobre James, quando este já corria na direcção da área, em lance potencialmente perigoso para o Braga.
63' - Mais uma vez, Xistra bem na lei da vantagem mas a esquecer-se do amarelo depois. Ismaily não se preocupa com a bola e trava James, agarrando-o ostensivamente. Devia ter visto amarelo.
65' - Custódio faz obstrução a Varela no meio campo. Falta por assinalar.
66' - Lucho faz obstrução a Éder na área. Penalty e amarelo por mostrar. Xistra estava bem colocado para ver a falta.
66' - Ismaily derruba Fernando quando este saia para o contra ataque. Devia ter sido assinalada a falta e mostrado o respectivo amarelo, que até seria o segundo e consequente expulsão. Mas Ismaily continuava sem ver amarelo.
71' - Fernando devia mais uma vez ter visto amarelo (que seria novamente o segundo) pela falta perigosa sobre Éder. Um dos jogadores a quem foi permitido muito jogo faltoso.
73' - Xistra assinala falta de Otamendi sobre Salino, quando na realidade a falta é do bracarense. Mais uma vez, Xistra estava bem colocado.
82' - Era canto para o Porto, pois é Salino o último a tocar na bola.
90' + 3' - Lei da vantagem muito mal dada, pois o Braga perde imediatamente a posso de bola. Jackson aproveitou para fazer o 2-0.

Novamente Xistra no pior jogo deste ano. Conseguiu superar a má noite de Coimbra, tendo uma arbitragem vergonhosa. Prejudicou quem lhe apareceu à frente, sem qualquer rumo ou critério. Mudou tantas vezes de critério, que é difícil sequer estabelecer um critério para este jogo. Falta iguais com tratamentos diferentes. Fechar os olhos a penalties. Guardar os cartões no bolso (Fernando e Ismaily que o digam). Acabar de forma anedótica a primeira parte. E guardar para o final um caso digno de entrar nos livros da formação, para o capitulo do que não se deve fazer com a lei da vantagem. Foi mau demais e no final com influência directa no resultado. O Porto sai de Braga com 3 pontos oferecidos por Xistra, pois as decisões de maior peso, foram em maior número a favor dos azuis e brancos. É definitivamente o pior árbitro deste ano e se não apitar mais estes jogos não se perde nada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.