origem

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Taça

O Benfica foi a Moreira de Cónegos carimbar o passaporte para os 1/8 de final da Taça de Portugal. Vencendo por 2-0 com golos de Matic (ou seria auto-golo?) e Cardozo.

O jogo não foi fácil, longe disso, mas a equipa mostrou coisas muito boas. Capacidade de sacrifício, alternativas aos titulares, jogadores em progressão, capacidade técnica decisória no banco, atitude e competitividade. É certo que nem tudo foi bem feito, mas deste jogo o mais importante era não deixar o Moreirense galvanizar-se. Foi isso que fizemos quase na perfeição.

Estão de parabéns os jogadores e o treinador, não tanto pela passagem (que era "obrigatória"), mas sim pela atitude e empenho demonstrados. A abordagem ao jogo foi a melhor e isso reflectiu-se dentro do campo.

A arbitragem de Duarte Gomes foi aquilo que se esperava que fosse após assumir publicamente ser nosso adepto. Valeu-nos a excelente abordagem ao jogo, senão tenho a certeza de que teria havido Taça também desta vez.

Hoje há sorteio para a próxima fase e pessoalmente preferia ter um adversário acessível em casa, ou talvez um dos clubes da terceira divisão no seu reduto, para levar o Benfica a palcos que normalmente não vêem esta emoção.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.