origem

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Modalidades de Pavilhão

Após mais um fim de semana de domínio absolutamente avassalador, tenho de dar destaque ao excelente trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos nas modalidades ditas amadoras do Benfica. Nomeadamente as de pavilhão.

Que ninguém tenha dúvidas que o sucesso que estamos a ter nesta altura é fruto de um trabalho de fundo, que vem sendo feito de há uns anos a esta parte. As contratações de talento português, a manutenção de excelentes jogadores, a contratação de técnicos competentes, as condições de treino e jogo oferecidas. Nada disto acontece por acaso e apraz-me muito sentir, que neste caso, quem manda, tomou as melhores opções. 

Veja-se o caso do Basquetebol, em que foi preciso abanar as estruturas de poder (Liga e Federação) para que, em conjunto com uma estratégia de valorização da modalidade, através da contratação de talento inegável, permitiu ao Benfica vencer 3 dos últimos 5 campeonatos.

Veja-se ainda o caso do Hóquei em Patins, em que fomos buscar um técnico competente e jogadores estrangeiros de qualidade mundial, para juntar aos portugueses de qualidade nacional, formando já em dois anos consecutivos plantéis de topo europeu. 

É visível também, a estratégia seguida para todas as 5 modalidades de pavilhão, que me orgulho imenso do Benfica ser o único clube Português a tê-las em simultâneo e continuamente desde há muitos anos a esta parte.
  1. Esta estratégia passa primeiramente por encontrar técnicos competentes para fazer subir o nível do clube. 
  2. Depois passa por tentar formar atletas e contratar o melhor talento português que ainda vai crescendo noutros clubes.
  3. Finalmente, passa por contratar talento estrangeiro de inegável qualidade, para dar não só mais qualidade à equipa, mas também fazer crescer o talento português que já temos.
 Os títulos de Hóquei em Patins (após longo jejum), Basquetebol e Futsal alcançados na época passada, mostram a vitalidade do clube e esperamos todos que tenham continuidade esta época, tentando garantir uns estratosféricos 5 títulos de campeão nacional nas 5 modalidades principais. Seria um justo prémio para quem tem pugnado pela melhoria dos desporto extra futebol em Portugal.

PS: Tenho de referir Luis Filipe Vieira neste caso, pois soube delegar em benfiquistas a tarefa de gerir as modalidades. Foi um presidente à Benfica, tendo noção que pouco percebe do assunto e que o melhor mesmo é simplesmente dar condições a quem sabe.
Nem tudo foi bem feito, mas a progressão e evolução positiva são inegáveis. Era mais este modelo que eu gostava que fosse seguido para o futebol.

1 comentário:

  1. Tenho tambem eu um enorme orgulho das equipas das modalidades, já há 3 anos que acompanho jogo a jogo do Benfica em qualquer modalidade. Viva o Benfica

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.