origem

domingo, 1 de abril de 2012

Com a estrelinha de campeão

O Benfica bateu hoje o Braga por 2-1 com Bruno César a marcar o golo da vitória aos 90'+2'. Decididamente, este ano temos estrelinha de campeão. Num jogo bem disputado mas algo mal jogado (muitos passes errados), a diferença esteve no individual. E aí ganhámos, fundamentalmente, devido à mudança radical de atitude de um dos nossos: Gaitán. Hoje foi o Gaitán dos 40M€. Hoje correu, lutou, driblou, foi para cima, chutou, levou a equipa para a frente e no final foi recompensado com uma jogada primorosa em que assistiu o colega para o golo da vitória. Que seja para manter até final da época, pois vamos precisar muito dele.

Não tenho especial destaque a fazer em relação ao jogo. Vivi-o como muitos anteriores, sem unhas para roer... valeu-me o licor Beirão na segunda parte para acalmar um pouco. À entrada para o período de descontos, pedi por um milagre. E ele veio, caído do céu. Depois de mais um azar (já é o terceiro central em poucas semanas a parar por lesão) veio a sorte. Decididamente, concordo com os adeptos do Braga, Elderson é mesmo o seu elo mais instável. Mesmo com o golo que marcou, pleno de oportunidade.

Tenho um reparo a fazer ao treinador, que na flash interview se babou todo consigo próprio, fazendo uma autêntica ode de bajulação à sua bela capacidade decisória . Tem de ter mais humildade mister, muito mais mesmo. Assim só vai arranjar lenha para se queimar.

PS: não esperava pelas declarações finais do Salvador. Cheias de fair-play e a dizer que tinha sido muito bem recebido, como sempre acontece. Se calhar esta aproximação ao Braga tem o seu quê de genial...

1 comentário:

  1. Pena mesmo o JJ e o seu "eu fiz... eu isto, eu aquilo, eu, eu...". O seu discurso egocêntrico já cansa, já deu tantos tiros nos pés e, incrivelmente, continua menosprezando tudo e todos...
    Espero sinceramente não se dar mal (outra vez) este ano... É que começa a fartar...

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.