origem

segunda-feira, 16 de abril de 2012

O Natal é quando o Natale quiser

Antonio Di Natale


Simplesmente fabulosa a atitude de Antonio Di Natale, avançado da Udinese. São homens destes que fazem falta ao futebol e ao desporto. Ao ver a trágica morte de Morosini, um companheiro de profissão, deixando uma irmã que apenas o tinha a ele como suporte e padecendo de uma enfermidade grave, Di Natale assumiu prontamente a responsabilidade de cuidar e proteger a referida irmã. Sem demoras ou hesitações, é admirável, que, neste mundo cada vez mais negro para quase todos, Di Natale se junte àqueles que nos trazem luz e esperança num mundo melhor, ao mostrar tanta compaixão e tanta vontade de ajudar alguém que infelizmente se viu sem a promessa de um futuro melhor. Mais houvessem digo eu, mais houvessem e vivia-se em Paz.

Revolta-me profundamente saber que estes actos beneméritos, são infinitamente em menor número que as trafulhices, a corrupção, o ódio, as jogadas baixas, etc, que grassam no Desporto Mundial. Porque este acto (e outros), não vai passar de uma nota de rodapé, facilmente esquecida após mais uma polémica semanal... 


Meio a sério, meio a brincar, eu sei que ele já tem uma certa idade, mas não dava para o ir buscar? é que para além do carácter mostrado é um excelente jogador.que merece títulos e prestigio internacional. Acho que se ia dar bem por cá.

PS: bem sei que isto não se relaciona directamente com o Benfica, mas estes valores são À Benfica!

2 comentários:

  1. o di natale? ja devias saber que o jesus não quer malta com 30 anos pa cima... nem que fosse o messi... e este jogador é de selecção italiana, é um jogador muitissimo bem pago e é actualmente o melhor marcador do campeonato de itália...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Daí o "meio a brincar"... Até porque o Benfica não tem dinheiro para ele. Pelo menos não com Luisão, Aimar e Saviola no plantel.

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.