origem

terça-feira, 17 de abril de 2012

A propaganda de Vieira


Peço desculpa ao user Aka, do Fórum SerBenfiquista, mas vou ter de tirar um pouco de inspiração de um comentário dele no referido fórum. Sintetiza, a meu ver, o que a maioria dos Benfiquistas pensa acerca de Vieira. Podem ler o post original aqui (Aka - 16/4/2012 02:01h)


  • Ponto 1

Antes de Vieira, os presidentes do Benfica aproveitavam-se do Clube.
José Rosa Rodrigues
Felix Bermudes
Joaquim Ferreira Bogalho
Maurício Vieira de Brito
Duarte António Borges Coutinho


  • Ponto 2

Antes de Vieira, o Benfica ganhava pouco.

Campeonatos Nacionais de Futebol

Taça Latina e as duas Taças dos Campeões

Bento levanta mais uma Taça

John Mortimore levado em ombros após mais uma conquista.


Michel Preud'Homme e João Pinto celebram a conquista da taça de Portugal

  • Ponto 3
Antes de Vieira, o Benfica só tinha as pedras da calçada. Não tínhamos Estádio nem sitio para treinar.
Sede na Rua do Regedor
Sede na Rua do Regedor (recente)

Complexo desportivo da Luz (vista aérea)

Campo de treino nº 3

Vista aérea do Antigo Estádio da Luz



  • Ponto 4
Antes de Vieira, o Benfica tinha de pedir a ajuda dos Sócios e simpatizantes em Operações Coração
Praça Dos Heróis - Maquete
Praça Dos Heróis - Pedra

Escultura de homenagem aos vencedores da Taça dos Campeões


Compreendo e aceito que o presidente actual encontrou uma situação difícil ao chegar ao clube.
Compreendo e aceito que ninguém é perfeito e que erros são cometidos.
Compreendo e aceito que o Benfica é por vezes demasiado grande e pesado para os ombros de um único homem.

Não compreendo e não aceito que se faça tábua rasa das história gloriosa deste clube para não beliscar a imagem "positiva" que se tem do nosso presidente.
Não compreendo e não aceito que se minta descaradamente em nome de "estabilidade e coesão".
Não compreendo e não aceito que os interesses de um individuo (mesmo que seja presidente) se sobreponham aos superiores interesses do clube.



5 comentários:

  1. Desde o "Pedreiro" Fernando Martins, como lhe chamou Francisco Sousa Tavares, pai, num almoço, que todos os Presidentes do Glorioso se beneficiaram pessoalmente com o cargo. Fernando Martins estava construindo as Olaias, que melhor publicidade? Tentou construir no Porto outro Altis e apoiou o mafioso por ação e omissão a dominar o futebol nacional, por algo o clube regional do norte qd viaja a Lisboa se hospeda no Altis; João Santos aumentou a faturação da Diese, Damásio com Ant+onio Figueredo quis fazwer negócios imobili+arios em Sintra com a construção do Centro de Estágio; Vale e Azevedo foi o que se sabe e não sabe, LFV aproveita as deslocações do SLB a Angola por exemplo, para fazer negócios imobiliarios, o que com a compra de jogadores por atado no Brasil, tb ajuda ao mesmo negócio. Bem,alguma coisa de bom fizeram. Tudo gente boa, tudo Grandes Benfiquistas mas pouco de Benfiquistas Grandes.

    ResponderEliminar
  2. Caro benfiquista,

    Sabia que segundo os novos Estatutos do Sport Lisboa e Benfica:

    1. Cosme Damião fundou, em 1904, o Sport Lisboa e Benfica com 19 anos de idade ?

    2. E que, actualmente, um sócio desde o dia em que nasceu só poderá ser candidato a Presidente do Sport Lisboa e Benfica quando perfizer 43 anos de idade ? (Art. 61º, Número 2)

    3. Pois para se ser candidato a Presidente do Sport Lisboa e Benfica é necessário ter 25 anos consecutivos de sócio efectivo ? (Art. 61º, Número 2)

    4. Sendo que nem um indubitável benfiquista, sem qualquer espécie de ligações ou histórias suspeitas de associação filiativa a clubes rivais, como por exemplo Rui Costa pode ser candidato a Presidente do Sport Lisboa e Benfica ?

    5. Que agora o mandato dos órgãos sociais é de 4 anos, ao invés dos 3 que se mantiveram durante 108 anos de história do Clube ? (Art. 42º, Número 1)

    6. Que as deliberações da Assembleia Geral são tomadas por maioria absoluta dos votos dos associados presentes ? (Art. 57º, Número 1)

    7. Que as Reuniões Extraordinárias da Assembleia Geral só podem ser convocadas por iniciativa de um número de sócios efectivos no pleno gozo dos seus direitos, cujos proponentes, na sua totalidade e com observância dos demais preceitos estatutários, perfaçam pelo menos DEZ MIL VOTOS ? (Art. 55º, Número 3)

    8. Que mesmo com esse número recolhido terá de conter “cabal” (que termo bem conseguido para se utilizar nos Estatutos de um Clube símbolo da democracia em Portugal) fundamentação dos assuntos a sujeitar à discussão ? (Art. 55º, Número 4)

    9. E ainda que esses sócios requerentes das reuniões extraordinárias da assembleia-geral que a elas não compareçam sem motivo justificado ficam inibidos, pelo prazo de dois anos a contar da data da falta, de requerer novas reuniões e, bem assim, de votar em quaisquer outras reuniões ordinárias ou extraordinárias, nomeadamente as de ÂMBITO ELEITORAL ? (Art. 55º, Número 6)

    10. E que, apesar de todos estas normas excessivamente regulamentares, estes foram aprovados por 120 (!) sócios reunidos em Assembleia geral num universo de 200 000 (quantos somos afinal?) ?

    11. Que estes estatutos foram sugeridos por uma Comissão de “intocáveis” benfiquistas como Manuel Vilarinho (que processo eleitoral limpo aquele de 2009 com eleições antecipadas em 15 dias), ex-dirigentes e outros em conluio com a actual direcção do Benfica ?

    Já não só os resultados desportivos. São as nossas mais nobres fundações que estão em perigo !

    Pensa Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Fernando,

      Apenas um reparo ao que escreveu.

      Os mandatos não são de 3 anos desde a fundação.
      Inicialmente eram de um ano. Depois passaram a ser de dois e posteriormente de três.
      A partir de Outubro de 2012, serão de quatro anos.

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.