origem

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

O fracasso de Vieira - 5 (REPOST)

Hoje o destaque vai para a relativa instabilidade governativa, onde à excepção do presidente, todos os outros cargos vão mudando sistematicamente de mãos e de estratégias. Nos anos recentes o ritmo abrandou, mas é complicado ver a constante alteração de pessoas que são "bem-vindas no clube". Os casos de Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz são apenas e só o exemplo mais recente de quem não era visto com bons olhos e passou a sê-lo, tendo até sido ventilado a eminente entrada de ambos para a estrutura directiva do clube. E o inverso também é verdade. Muitos há que passam de homens de mão para proscritos (o mais famoso é sem dúvida José Veiga).

Podem ler o artigo na integra no link em baixo.

Em quinto lugar: A Instabilidade Governativa

PS: Na página "Quotas Históricas", têm os links para todos os artigos completos, caso queiram visitar antecipadamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.