origem

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A melhor equipa

O Barcelona veio a Lisboa vencer pela primeira vez o Benfica na Luz. Demonstrou cabalmente porque é a melhor equipa da actualidade e dominou o jogo de principio a fim, sem dar grandes hipóteses a um Benfica aguerrido mas muito inferior.O Benfica até entrou melhor no jogo, com um remate perigoso de Bruno César, mas na resposta o Barcelona marcou na primeira vez que se acercou da nossa baliza. Foi o pior que nos podia ter acontecido, pois o Barcelona pratica um "anti-jogo" que sufoca o adversário. Além de terem uma paciência enorme, a qualidade técnica dos seus jogadores faz com que raramente falhem um passe ou recepção permitindo muito poucas oportunidades de contra golpe ao adversário. Isto fruto também de uma pressão a todo o campo digna de registo. E não só manieta o adversário em termos fisicos, como em termos mentais o desgaste é enorme. Um jogador com bola corre mais e joga mais que sem ela. Quando se passam 3/4 do tempo de jogo a correr sem bola, é complicado manter o focus e a concentração quando se tem a posse da mesma..

Voltámos a falhar algumas oportunidades claras de golo, com a de Lima à cabeça. É algo que penso que temos de melhorar rapidamente, pois em jogos como este (e o Barcelona provou-o), aproveitar as chances que se tem é obrigatório. Em jogos com poucas ocasiões como foi este, no aproveitar é que está o ganho e o jogo seria certamente diferente caso tivéssemos aproveitado algumas das chances que tivemos.
Não desgostei da exibição da equipa no global, porque não deu grandes oportunidades ao Barcelona, embora tenha de destacar pela negativa, Maxi Pereira. Péssimo jogo do capitão desguarnecendo muito o lado direito. Foi por ali que o Barcelona criou quase todas as suas situações de perigo.

No final venceu a melhor equipa em campo e que não vai ter dificuldade alguma em ser primeira do grupo. Arrisco a dizer que o será com 18 pontos.

Ao Benfica resta trabalhar para vencer ambos os jogos com o Spartak e fazer 7 pontos antes de receber o Celtic em Lisboa. E temos qualidade para isso.


PS: Grandes adeptos que ovacionaram Puyol quando este se lesionou. Arrepiou ver a imagem do seu braço.

4 comentários:

  1. Este é o retrato fiel do jogo que aconteceu ontem. Concordo plenamente com o que dizes do Maxi, acho que não está a atravessar um bom momento quer em termos físicos quer em termos de concentração. Já no jogo de Paços de Ferreira tinha demonstrado lacunas no posicionamento onde se vires há alturas na 2ª parte em que ele aparece a fazer pressão na frente mas do lado esquerdo. Só não resultou em Paços porque eles não conseguiram lá colocar a bola, contra uma equipa como o Barcelona pagamos caro, pois eles imediatamente colocaram lá a bola.
    Não era um jogo daqueles que estivesse à espera de muito, pois realisticamente a diferença entre as equipas é demasiado gritante, mas acho que foi fraquinho o jogo, por isso não sou adepto deste tipo de futebol. A 2ª parte foi uma seca descomunal com uma equipa a trocar a bola e outra a ver jogar, confrangedor...
    Gosto do futebol do Barça quando eles se aproximam da área, aí sim é realmente incrível a facilidade como se desmarcam e criam lançes do nada, agora este rendilhado de passes isso não é para mim...
    O Puyol... é aquele guerreiro, já aparece uma fotografia do gajo no hospital em Barcelona, onde simpaticamente agradece ao pessoal em Lisboa, e já se está a rir... Não se se reparaste que ele arranja aquela lesão porque foi quase ao 3º anel para tentar cabecear aquela bola e cair de lá não deve ser moleza. Goste-se ou não do estilo do gajo é sem dúvida um lutador, a personificação do que deve ser um capitão de equipa.

    ResponderEliminar
  2. O Barcelona se quisesse ganhava por 4,5,6...

    Não forçaram para isso.

    E só o Alexis falhou 3 golos cantados.

    É outro mundo...

    ResponderEliminar
  3. Foi preciso vir o Barcelona à Luz para constatarem que o Maxi é fraco!? É de louvar a sua raça e entrega, mas é muito fraco! É borrada atrás de borrada...É óbvio que no campeonato esconde muitas das suas lacunas, sejamos sinceros, a oposição das equipas adversárias também não é de muita qualidade. Agora é inadmissível a quantidade de disparates que o Maxi comete...São faltas quando o adversário está de costas para a baliza que ataca, são faltas ridículas quando o adversário faz tabela (ou é mão na cara, ou encontrão,ou agarrão). Ainda mais bizarro é quando o faz dentro da área (como fez ontem ao fabregas.É fraco no 1x1, basta desviar a bola e já passaram por ele, deixasse antecipar constantemente em situações de finalização na área do Benfica...Enfim, não compreendo como podem afirmar que é um bom jogador....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      Não, não foi preciso vir o Barcelona. O que acontece é que Maxi está em má forma, e tem de trabalhar para regressar à melhor forma.
      Agora considerá-lo mau jogador?

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.