origem

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Para mim morreu o Benfica, aquele Benfica que nunca cheguei a conhecer

Na sexta-feira passada, para mim o Benfica morreu. E não foi pelo facto de Vieira ter ganho as eleições. Já estava mentalizado para que isso acontecesse. O que se passou no pavilhão nº2 do Benfica vai muito para além disso. Cruzaram-se limites que num Benfica democrático como sempre o foi ao longo de toda a sua história até chegar este aspirante a Pinto da Costa ao clube nunca se cruzariam.

Na sexta-feira passada, fui ESCORRAÇADO ao soco e ao pontapé do pavilhão do clube que amo desde os 6 anos de idade, por um dos capangas da equipa de boxe que são pagos por Vieira para garantir a sua segurança, por ter tido a ousadia de dizer "chulo pede a demissão". E não fui o único, não faltam exemplos da situação verdadeiramente VERGONHOSA que se passou na tomada de posse do presidente.

Isto para mim é totalmente inaceitável e ultrapassa qualquer sensação negativa que já tenha tido pelo Benfica. Porque muito pior do que levar 5-0 dos corruptos ou de os ver a festejar no meu estádio, é funcionários pagos pelo clube usarem da violência para me expulsar de um lugar onde tenho toda a legitimidade para estar e usar do protesto, sendo sócio do Benfica.

Ao deparar-me com isto, não posso continuar a viver o Benfica como tenho vivido até agora. Não me revejo nem nunca reverei num clube que usa a violência como arma para silenciar oposição ou dar uma ideia de paz, que não passa de paz podre. Como tal, tomei a decisão de não voltar ao Estádio da Luz enquanto for este o presidente, enquanto for esta a direcção e enquanto for esta a filosofia deste clube, que se transformou numa empresa que manda espancar os "clientes" que lhes dão de comer. Mesmo tendo o Redpass e já tendo adquirido o pack da Champions, por uma questão de princípio não ponho os pés tão cedo na minha 2ª casa, num local que aprendi a amar, onde sorri,chorei,gritei,festejei,cantei,saltei,puxei sempre pela mesma causa, o Benfica.

Mas agora concluo que esse Benfica pelo qual tive tantos sentimentos, nunca existiu. Essa clube pelo qual dei toda a minha alma trata-se de uma empresa, um clube que de Benfica só tem uma semelhança, o nome. E mesmo esse, deverá ser escrito assim: benfica. É um benfiquinha. Do Benfica, a única coisa que faz é conspurcar o seu nome dia sim, dia sim.

Vou tentar colocar o dinheiro das quotas de lado, mesmo não tendo grandes possibilidades financeiras para o fazer. Quando esta direcção sair, quando houver uma hipótese de voltar o BENFICA, depois de lhe terem chupado os ossos todos, cá estarei de novo, a tentar apanhar os cacos, eu e os mesmos de sempre, os que nunca votaram Vale e Azevedo, e os que nunca votaram Vieira depois deste se revelar como é, um dirigente que está mais preocupado com o seu bolso do que com o sucesso do clube, e que para proteger o status quo não hesita em usar todos os seus trunfos e tiques ditatoriais, mas que manda os que acompanham o benfica para todo o lado "pró caralho". 

Sou demasiado fanático para deixar de acompanhar os jogos em minha casa, mas aquele entusiasmo, aquela paixão, aquele nervoso miudinho.... desapareceu. Foi-se. E não volta tão cedo. Não com esta direcção. Não com estes valores (ou falta deles). Não com este benfica.

Não devo escrever aqui muitas vezes nos próximos tempos... resta-me despedir.

Até um dia BENFICA,

Tiago S. (Saviolafication)

32 comentários:

  1. um animal que insulta o presidente do seu clube de chulo só merece ser corrido ao pontapé. estamos fartos de meninos mimados e ordinários!!! o Benfica não é vosso. é de todos! ganha educação e desaparece!!!
    LC

    ResponderEliminar
  2. Partilho do teu sentimento. Infelizmente há muitos cães de fila que se dizemos o nome do dono rosnem logo.
    Mas o Benfica é muito mais que essa gente.

    Por muito que custe, não desistas do clube, pois ele não muda. Por mais que queiram que ele mude.

    Porque o Benfica somos nós. Mesmo que esteja neste momento nas mãos de um grupo de interesseiros.

    ResponderEliminar
  3. As agressões, que eu assisti foram muito graves. Nada as desculpa.

    Mas também critico os que na tomada de posse gritaram insultos ao presidente. Repito, que nada desculpa as agressões bárbaras.

    Na tomada de posse tu insultas o presidente, mas parece que achas isso normal e que tens direito a isso.

    ResponderEliminar
  4. Espero que cumpras o prometido e não escrevas mais sobre o benfica.

    Não fazes falta nenhuma.
    Bye

    ResponderEliminar
  5. Deus o acompanhe e Viva o Benfica que um dia será livre

    ResponderEliminar
  6. Camarada tambem estive la e sei perfeitamente o que se passou, foi nojento. A justiça sera feita e esses bois e os chulos vao sair do benfica, agora peço te como benfiquista que nao desistas de ir a bola apesar de compreender q seja muito revoltante o q estas a sentir. Aos meninos do boxe que pensam que mandam em tudo tenho a dizer: "de todos um" unidos vamos correr com voces...

    ResponderEliminar
  7. Gandaia, se calhar aqueles benfiquistas insultaram o Vieira pois este mal chegou ao palco para discursar acenou-lhes com a mão em tom provocatório e mandou-os pró caralho. O mesmo Vieira que minutos depois disse que era "o presidente de todos os benfiquistas"

    ResponderEliminar
  8. Quem rebenta petardos ou está envolvido nesse acto não devia ser corrido a pontapé do pavilhão, devia ser corrido a pontapé do clube.

    ResponderEliminar
  9. Adoro estes cobardes, perdão, 'Anónimos', que vêm praqui armados em virgens ofendidas, nem têm a hombridade de assinar.
    Os governos também são eleitos democraticamente, o que não significa que não se tenha o direito ao protesto, e sim, até ao insulto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Direito ao protesto e ao insulto"?

      Gostaria de saber onde é que isso está consignado na Constituição Portuguesas ou no Tratado dos Direitos do Homem!

      Eliminar
  10. mas afinal quem levou uns açoites não foram aqueles meninos do petardo e que passaram o tempo a provocar o Benfica na pessoa do seu símbolo máximo que é a assembleia, oh, pensei que tivesse sido e se assim foi acho muito bem, também já fui menino, mas nunca provoquei o meu Benfica, o nosso Benfica.
    gente como aquela que se portaram como macacos não fazem falta nenhuma ao clube, aliás só afastam pessoas normais e envergonham a história grandiosa que nos deve orgulhar a todos...
    como disse o Presidente, os meninos têm que se lembrar que o clube não é só deles, é de todos.
    acho muito bem que passes um tempo de ressaca, só te ajuda a crescer, é um processo normal da vida, caímos e levantamo-nos :) normal. um dia voltas ainda mais forte, o Benfica precisa de todos nós em consciência e cresciditos :)
    se os meninos não sabem brincar têm de ser educados, é sempre assim, acho muito bem que a direção não ceda a nenhum sub-grupo, para exemplo é só olhar para lado e ver a juve-leo, juves a liderar o Benfica, NUNCA!
    Força Benfica!
    para dividir não!
    E PLURIBUS UNUM!

    ResponderEliminar
  11. Na minha opinião e como Benfiquista, afirmo que só se perderam as que caíram no chão. Foste escorraçado e muito bem. Pessoas que não se sabem portar como pessoas civilizadas não são Benfiquistas. Isso não é o Benfica! Que te sirva de lição e que aprendas de uma vez por todas o que é o Benfica!

    Numa Assembleia Geral do clube, o órgão superior do clube, numa cerimónia em que se elegia o Presidente que tinha acabado de ser escolhido em eleições democráticas e livres e que devia ser uma cerimónia de alegria e de vivas ao Benfica o que acontece?

    Meia dúzia de imbecis e de hooligans, com mau perder, com maus sentimentos, sem qualquer respeito pelos valores do clube nem por aqueles que representam o clube, rebentam petardos e insultam quem tinha acabado de ser eleito. Assim como insultam outras pessoas à sua volta, revoltadas com a atitude, pessoas já de idade, pessoas, meulhres com crianças que não comungam da vossa opinião!

    Como disse, só se perderam as que caíram no chão e que isso te sirva a ti e aos outros de lição. Uma lição de vida!

    No Benfica respeitam-se as outras pessoas e, acima de tudo, respeita-se quem foi eleito democraticamente por uma grande maioria de benfiquistas. Assim como quem tem ideias contrárias às nossas.

    Pessoas como tu não fazem falta ao Benfica!





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todo este post é a imagem do que é o benfiquinha de hoje, sob a capa do que, para eles, é um BENFICÃO!

      Eliminar
  12. insultar um presidente que foi eleito por mais de 80% dos votos não é de benfiquista.Os democratas aceitam o resultado das eleições. Também lá estive e achei horrível os insultos ao presidente, que representa todos os verdadeiros benfiquistas, os petardos que são dignos de bábaros, como tu.Deixa o benfica porque o benfica não precisa de ti

    ResponderEliminar
  13. Realmente existem pessoas que não sabem o que é ter vergonha na cara...então as eleições decorrem sem incidentes, não houve qualquer tipo de coacção, uma lista tem uma maioria esmagadora, eleita democraticamente e quando o presidente eleito vai tomar posse é insultado e ainda quais virgens ofendidas se sentem no direito de aqui vir choramingar, na minha opinião levaram foi pouco...adeptos como vocês por muito que se lamentem não passam duns palhaços...não fazes falta nenhuma, se não respeitas o próximo, porque raio queres ser respeitado...

    ResponderEliminar
  14. Temos de resistir ao facto de termos sócios tão básicos. A culpa é também deles, nossa. Eu fiz a minha parte.

    ResponderEliminar
  15. Compreendo a tua revolta, mas a verdade é esta - Rangel era demasiado honesto e sério para triunfar no futebol. Nós precisamos de gente que conheça os meandro do futebol. Só assim poderemos enfrentar o Sistema. Rangel não apresentou a solução para esta questão, nem conseguiu tornar público o projecto que tinha para o Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AGORA É QUE VAI SER!!!!!

      Acreditam mesmo nisto...

      Eliminar
  16. E foste muito bem expulso. Em sociedade há punições para quem não se sabe comportar. A liberdade de uns termina quando interfere com a dos outros. Vocês não respeitam a liberdade dos outros. Pensam que o clube é vosso mas é de todos os benfiquistas. E o clube não precisa de desordeiros como tu que só lhe dão má reputação e aniquila tudo o que tem sido construído ao longo dos anos!

    ResponderEliminar
  17. Foda-se todos se insurgem contra os petardos e insultos.
    E quem é que se insurge contra os insultos do LFV ao mandar "po caralho" os que não partilham das mesmas ideias? Quem se insurge contra os petardos do LFV ao acenar provocatoriamente para os sócios que não votaram nele assim que entrou no pavilhão? E acima de tudo, quem se insurge contra os tiques de autoritarismo provados com a presença da guarda pretoriana do LFV em plena tomada de posse? É isto democracia? É isto o Benfica? Puta que os pariu a todos, o Benfica não é de ninguém e muito menos de ditadores.

    ResponderEliminar
  18. Ou seja, segundo muitas opiniões, se por exemplo estiver no Estádio da Luz a ver um jogo e insultar por exemplo o árbitro, isto dá direito a que alguém ( que nem pertence às forças policiais) me agrida?

    Atenção que não estou a defender quem lançou petardos, mas são situações que têm que ser tratadas pelas forças policiais e não por um grupo de "capangas".

    ResponderEliminar
  19. Se calhar deviamos começar também a escorraçar ao pontapé os sócios do Benfica quando assobiam a equipa no estádio... Há com cada um

    ResponderEliminar
  20. Eu gostava que os amigos do petardo refletissem sobre a forma como participam na vida do clube...

    Que contributem têm a dar para além de:
    - ofenderem e desrepeitarem os símbolos do clube?
    - demonstrarem completo desrespeito pela vontade dos sócios ? Serão mais importantes ou mais iluminados que 80% dos sócios votantes?
    - repetidamente ofenderem e desrespeitarem o presidente da Assembleia Geral e os orgãos eleitos, com o rebentamento de petardos?
    - repetidamente recorrerem à ofensa e perturação da ordem pública para manifestarem o seu desacordo? Não há desculpa para os que, de forma premeditada optam por colocar em causa o necessário ambiente de segurança, afastando assim outros sócios, famílias e todas as pessoas de bem, que tenham vontade e prazer de se deslocar à Luz e participar na vida do clube!


    Em suma, é intolerável que sócios do Benfica não se saibam comportar como benfiquistas.
    Podem entoar muito bem os cânticos no estádio, mas ser benfiquista é mais do que isso.

    O Benfica é de todos e não pode ser refém destes, que não se mostram dignos de pertencer ao clube.

    ResponderEliminar
  21. Não vou andar a responder a todos até porque não tenho paciência para debater argumentos com quem diz que "deviam era ser expulsos a pontapé do clube" ou barbaridades semelhantes. Mas para alguém que perguntou aí, sim, está disposto na Constituição Portuguesa o direito à livre associação e à manifestação. E se acham que dizer "chulo pede a demissão" por parte de um adepto (neste caso eu) é gravíssimo, que dizer de um presidente que devia dar o exemplo publicamente que uns minutos mandou os que discordam dele "pró caralho"? É essa uma atitude decente? E por muito que tentem associar a petardos, eu não lancei petardo nenhum, nem ameacei ninguém, limitei-me a protestar de cabeça quente. NADA, repito NADA, legitima a violência gratuita, muito menos por parte de quem não tem a mínima autoridade para o fazer, e ainda para mais sendo FUNCIONÁRIOS PAGOS PELO CLUBE. Quem concorda com isto devia ganhar vergonha na cara!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O insulto é uma agressão! Ainda não reparaste? Isso é violência gratuita! Ainda por cima feita num sítio em que a pessoa agredida não se pode defender!

      Se tu como adepto de um clube te achas no direito de agredir o presidente com um insulto, qualquer outra pessoa adepta ou não do clube tem igual direito de te enfiar duas lambadas nas trombas por discordar!

      Nada mais justo, isso é democracia, ou será que achas que os outros apenas têm obrigações enquanto tu apenas tens direitos?


      Eliminar
    2. A pessoa "agredida" como tu dizes uns minutos antes já me tinha mandado "pró caralho", portanto essa tua teoria absurda cai logo por aí. E não, não é democracia correr ao murro e ao pontapé. Só a polícia tem autoridade para o fazer, e como tal é um crime.

      Devias rever o conceito de democracia.

      Eliminar
    3. Eu se fosse a ele e estivesse a ser assobiado e caluniado depois de ter ganho umas eleições livres e sem espinhas para além de vos mandar todos para o carvalho ainda vos fazia um grande mangalho das Caldas!

      Cambada de putos imbecis!


      Eliminar
  22. Gostava de saber o que diriam os defensores de certas atitudes se vissem o primeiro-ministro ou o presidente da república a mandar para o caralho os contestatários ? Seenão percebm o que é o conceito da dignidade da função, estão no clube errado.
    Já agora, também acham bem que mandem a polícia de choque bater nos manifestantes ? Ou que os seguranças privados agridam as multidões que hoje em dia os apupam e insultam ?
    Convém comearem a usar o que está dentro da cabeça e não só utilizá-la para pentear o cabelo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso seria acreditar que quem tem este tipo de opiniões tem 2 neurónios para fazerem sinapses.

      Não é o caso.

      Eliminar
  23. os filhos da puta que defendem o que os cabroes do boxe e outros andam a fazer deviam ter vergonha na cara! quem paga as cotas tem todo a direito a manifestar se. Otarios de merda, pensem no que dava se cada vez que se insultasse alguem se partisse para a porrada. burros do caralho, vao la mamar do viera e ficar a ver os tripeiros a chegar aos 33 campeonatos... gostava de saber quantos de voces estiveram la e quantos acompanham o clube para todo o lado

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.