origem

domingo, 15 de julho de 2012

Francisco Lázaro

Faz hoje 100 anos que o atleta do Benfica Francisco Lázaro faleceu a meio de uma prova de maratona em Estocolmo,na Suécia, durante os Jogos Olímpicos de 1912. O Benfiquista fazia parte da primeira comitiva olímpica portuguesa naqueles que são considerados os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna, tendo sido inclusivamente o porta-bandeira da comitiva.

Lázaro tem uma frase que dura ainda até hoje, referente à sua participação nos Jogos Olímpicos:

Ganho ou morro!

Fica aqui a minha pequena homenagem a este grande Benfiquista!

Tiago S. (Saviolafication)

5 comentários:

  1. Eu desconhecia este facto. Obrigado pelo artigo.

    Arrepia ler essa frase...

    ResponderEliminar
  2. Francisco Lázaro entrou na história do olimpismo pela porta da tragédia. Representa um tipo de atleta que já não existe: sonhador, resistente e ingénuo.

    Só uma nota: em 1912, em Estocolmo, realizaram-se os V Jogos Olímpicos da era moderna; os primeiros jogos promovidos pelo COI realizaram-se em Atenas, no estádio Panathinaiko, em 1896.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Mare, o que eu queria referir é que foi a primeira participação portuguesa nos Jogos Olímpicos Modernos, não que esses jogos tinham sido os primeiros Modernos, a verdade é que está ali uma palavra a mais, o que pretendia dizer era "O Benfiquista fazia parte da primeira comitiva olímpica portuguesa naqueles que são considerados os Jogos Olímpicos da Era Moderna".

      Peço desculpa pelo lapso e obrigado pelo reparo!

      Eliminar
  3. Paz à sua alma... Parece que ele tinha vencido 3 maratonas em Portugal antes do desfecho trágico dos Jogos Olímpicos...

    ResponderEliminar
  4. Aconselho a todos irem ao blog "Em Defesa Do Benfica" para lerem a comovente história deste homem.
    Têm o link à esquerda, para o artigo mais recente.

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.