origem

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O que mais queremos?

Depois de vencermos o Sporting há duas jornadas atrás, colocando-os a 5 pontos de nós, ontem tivemos um milagre no estádio do Dragão. Acho que já não restarão duvidas a ninguém que o Benfica tem uma dose de favoritismo enorme para vencer este titulo. Seria imoral para os Benfiquistas o Benfica não ganhar este titulo.
E se não tivesse ainda bem fresco na memória o que se passou nas últimas duas épocas, avançaria mesmo que o Benfica podia já encomendar as faixas, tal a diferença para os rivais.
No entanto temos de ter muito presente os vários acontecimentos dessas épocas e da forma inglória como perdemos os dois últimos campeonatos nacionais. Porque ignorar esses acontecimentos é meio caminho andado para os repetir. Espero sinceramente que não tenhamos um terceiro acto nesta matéria.

Só que, apesar de tudo isto, apesar dos receios e dos traumas, apesar das desilusões e do pragmatismo, o que é facto é que o nosso principal rival dos últimos anos tem estado nas ruas da amargura. São já várias as situações que denotam a selva em que está embrenhado aquele clube, com o seu líder a dar mostras de fragilidade (própria da idade). É o pior Porto desde 2005, e se nesse ano ganhámos porque fomos o menos maus dos três, este ano ganharemos (se ganharmos) porque somos o melhor.
Quanto ao rival da 2ª Circular, está em fase de crescimento, com uma equipa muito jovem e de tostões, que em condições normais não lutará pelo titulo até final. Mas vaticino já que na próxima época, com uns retoques e os jogadores um ano mais experientes, serão um sério candidato.

Por isso só me resta perguntar, o que mais queremos? Temos ventos muito favoráveis para conquistar este ano uma histórica tripla interna. Será que o vamos conseguir? O jogo de mais logo será um exame importante nesta matéria. Vencer é mais que essencial, é obrigatório.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.