origem

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

A Praça dos Heróis

É com orgulho e regozijo, que  aquando de uma ida ao complexo da Luz para apoiar as nossas modalidades, me deparei com a restauração da cobertura plástica das pedras na praça dos heróis.
Devido à passagem de milhares de pés pelo espaço, do vento e da chuva, é bastante natural o desgaste que as pedras vão sofrendo e sendo o mesmo já bastante visível, dava um aspecto de abandono a toda a estrutura. 

Como devem saber, não fui dos mais entusiastas em relação ao espaço, visto por mim como uma outra forma de ganhar mais uns trocos, numa das iniciativas mais visíveis da estratégia comercial do Benfica de agora. No entanto, já que a obra se realizou, é para estar em boas condições, de modo a ser apreciada por todos.

Cuidar daquele espaço que tantos e tantos benfiquistas contribuíram para existir, dando algum dinheiro do seu bolso na compra das pedras, é o dever mínimo de quem o criou e esta restauração não é mais do que uma obrigação. No entanto é bom reconhecer que há coisas que continuam a ser bem feitas no clube. Esta foi uma delas.

4 comentários:

  1. O espaço pode ser, efectivamente, uma forma de ganhar mais algum mas não deixa de ser uma boa ideia. Ser adepto de um clube passa também por ter estas pequenas oportunidades de criar uma pequena ligação com o mesmo! É isso que a iniativa também oferece. Pelo meu aniversário no verão passado ofereceram-me uma pedra que só recentemente foi colocada. Não sei se alguma vez comparia uma por mim mas o certo é que ao procurar e ver LÁ pela primeira vez, na CATEDDRAL, o meu nome escrito, a minha pequena marca não deixou de me deixar emocionado. Faz de mim mais Benfiquista? Não. É algo de outro mundo? Não, mas mesmo assim como não deixar de sentir ORGULHO por ter LÁ, naquele sitio mitico o meu pequeno pedaço.
    Ainda bem que o espaço está a ser tratado com a dignidade que merece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Fernando,

      A opinião sobre a praça dos heróis é minha e exclusivamente pessoal. Para mim é como a já famosa estátua metade Homem metade Águia.
      Não invalida no entanto que se sinta orgulho por ver a nossa marca ali e que a construção tenha de ser mantida com um mínimo de condições.

      Assino por baixo a sua última frase.

      Eliminar
    2. Claro que sim! Da mesma forma que apenas pretendi deixar a minha opinião sem deixar de aceitar a sua. A minha forma de olhar para a iniciativa é a de que podemos, se lhe dermos a dignidade merecida torná-la melhor e isso, como muito relacionado com o Benfica, faz-se com emoções... Já aquela coisa da estátua não vejo como possa resultar e parece-me um claro erro de markting.

      Eliminar
  2. Jamais compraria uma coisa dessas e não a aceitava como oferta. Acho horrível ver os nomes das pessoas a serem pisados por milhares de pessoas... Que ideia mais estúpita! Acho que seria mais interessante fazerem um mural, ou à volta, nas paredes do estádio, estudar-se um efeito bonito para colocar as pedras. Como havia no outro estádio a colocação dos azulejos. No chão, NUNCA! O meu nome pisado? Não!

    ResponderEliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.