origem

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

A um dia do fecho do mercado de transferências

Falta sensivelmente dia e meio para o fecho do mercado de transferências de Inverno. Até agora o Benfica não adquiriu ninguém para o plantel principal e muitos vêm isso como uma falha no planeamento do futuro imediato da equipa. Quanto a mim, a equipa já deu mostras de aguentar as adversidades que se lhe atravessaram até agora no caminho. É sempre possível melhorar o que existe, mas, e em minha opinião, apenas consideraria adições/substituições, caso Enzo Pérez e/ou Ruben Amorim fossem cartas fora do baralho.
Pergunto quantos benfiquistas tiveram o privilégio de ver uma equipa encarnada com apenas uma derrota em Janeiro tendo jogado (e não perdido) em casa do campeão nacional (e vencedor da UEFA) e do vice-campeão europeu? É que as lacunas da equipa têm sido supridas pelo colectivo. Quando um jogador falha (e claro que existem jogadores que falham mais que outros) logo um companheiro aparece para corrigir o erro. Somos uma equipa na verdadeira concepção do termo. 11 jogadores em campo a funcionar como uma unidade capaz de esconder as fragilidades e potenciar as virtudes.
O treinador tem acertado na leitura do jogo e nas substituições na esmagadora maioria das vezes, pelo que também aqui não se vislumbra qualquer necessidade de ajuste.

A vir alguém para o plantel principal agora (e tão em cima do fecho da janela de transferências), só pode haver uma exigência: tem de ser melhor que os que cá estão.

Em minha opinião estamos bem servidos até ao final da época!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.