origem

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

25 de Janeiro

O dia de hoje é, em minha opinião, uma das datas (transformada em efeméride) mais importantes da história encarnada.

  • 25 de Janeiro de 1942

Nascimento de Eusébio da Silva Ferreira, expoente máximo do Benfica Glorioso e da Selecção Nacional de Futebol. Levou o nome de ambos a alturas estratosféricas, com o seu futebol empolgante e electrizante. Sem nunca o ter visto ao vivo e a cores, "sei" que era algo de sobrenatural a sua presença em campo. Desde o primeiro treino, que os entendidos na matéria viram qualidades no Eusébio que o impulsionaram para a carreira que todos conhecemos. E que qualidades!
Eusébio foi, ao mesmo tempo, génio e humilde, travesso e genuíno, mago da bola a empolgar milhões por esse mundo fora. Um predestinado que teve uma carreira à sua altura e que engrandeceu o futebol mundial. Incontáveis horas de incontáveis pessoas, passadas a desfrutar desse jogo, que fazia os corações bater mais forte.
Eusébio faz, por isso, 70 anos hoje. 70 anos de glória imensa, de benfiquismo puro, de homem tornado mito, enfim... de muito suor e humildade. Humildade essa, bem presente aquando da sua Bola de Ouro, onde disse, aparte outras coisas, que nem sequer era o melhor jogador do Benfica, quanto mais europeu ou mundial. Eram outros tempos.
Muitos parabéns ao Rei!

A respeito da sua entrevista à RTP, e às declarações que proferiu relativamente ao seu último jogo em Portugal, contra o Benfica, tenho a dizer que não gostei! Eusébio é mesmo assim, genuíno. Mas dizer o que disse, passados quase 40 anos do acontecimento, num contexto futebolístico mundial completamente diferente, não me caiu nada bem. Foi, na altura, uma daquelas situações que hoje seria completamente impossível de acontecer. Aparte disso, e mesmo tendo em conta que os tempos eram outros, o que Eusébio fez, foi objectivamente, falsear um encontro. E isso, nem por ser 'O' Eusébio é admissível. Pessoalmente, penso que abriu uma mancha na sua 'história', o que mostra que Eusébio é uma pessoa ´normal´ como todos nós. Com as suas virtudes (muitas) e os seus defeitos. Como benfiquista, perdoo-lhe ser como nós.

ADENDA: O Benfica acabou por nem sequer vencer aquele jogo (terminou empatado 2-2) e venceu o campeonato nacional de 1976/77 com 9 (!) pontos de avanço para o segundo classificado. Eusébio marcou nessa época 3 golos ao serviço do Beira-Mar. Informação recolhida deste excelente artigo do blog Benfiquistas desde pequeninos. Apesar de tudo isto, continuo a não gostar das palavras proferidas, pois era de facto evitável esta situação.



  • 25 de Janeiro de 2004

Óbito de Miklós Fehér em Guimarães, após paragem cardio-respiratória em pleno relvado do Municipal de Guimarães.Faleceu de águia ao peito (quase literalmente). Passados 8 anos, ainda tenho bem presente aquela noite, em que Portugal assistiu incrédulo e impotente ao desenrolar da situação. Ver o sofrimento dos companheiros em campo, segundos depois do Glorioso alcançar o objectivo de marcar colocando-se em vantagem e a segundos de garantir mais 3 pontos, foi penoso. A imagem do seu (último) sorriso, instantes antes de cair inanimado no relvado, é algo que nunca esqueceremos (quem assistiu em directo pelo menos).

O 29 será sempre teu Miki, para usares no 4º anel.



PS: Celebra no dia de hoje 95 anos (nascido a 25 de Janeiro de 1917) o nosso antigo presidente Fernando Martins. Muitos parabéns e que continue "rijo".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.