origem

sexta-feira, 15 de junho de 2012

O que é importante


Tivémos ontem, uma importante e quentinha Assembleia Geral, na qual o presidente do clube, a certa altura se dirigiu da seguinte forma aos sócios: "...tenho a puta da cara lavada...", isto já depois de ter ouvido também ele, alguns insultos por parte de sócios descontentes. Sinceramente não o esperava de Luis Filipe Vieira. Apesar dos insultos a que foi sujeito, responder desta forma numa Assembleia Geral do clube não se coaduna com o que eu espero de um presidente do Benfica. E até porque, Luis Filipe Vieira, sempre soube esquivar-se destas manobras menos felizes quando falava com os sócios.
A AG contou com a presença de cerca de 350 sócios, o que constitui uma importante melhoria face às últimas AGs, e o Orçamento votado, foi aprovado com cerca de 60% dos votos. A contestação à direcção do clube está aí, à vista de todos e já impossível de camuflar. As eleições são só em Outubro e até lá ainda muita tinta vai correr. Espero que ganhe o Benfica, sinceramente.
No meio das suas palavras, o presidente garantiu ainda que a decisão em relação aos direitos televisivos, só será conhecida no final da época 2012/2013. Para quem garantiu em Fevereiro deste ano, que a decisão estaria tomada até final do mesmo mês de Fevereiro, pois em caso de recusa não é num mês que se preparam as coisas, deu um valente tiro no pé.

E nesta AG emboca o que é importante. É o clube, movimentador de paixões imensas e aglutinador de um povo. É este clube que faz milhões de cidadãos do mundo, vibrar, saltar, festejar, de cada vez que ganha.
Ao ler hoje esta noticia Benfica associa-se à Sony e lança Playstation 3 personalizada, não posso deixar de pensar se o que interessa é o clube ou as parcerias que o clube pode dar. Depois da parceria com a funerária e de ver com os meus próprios olhos um jacuzzi comemorativo dos 50 anos da 2ª taça dos campeões à venda na megastore (sem falar de outros produtos e parcerias), pergunto-me se o que interessa a quem governa o Benfica é o clube e o seu engrandecimento, ou simplesmente a transformação do clube numa empresa, com os sócios a passarem para meros clientes. 
Atenção que não está em causa a validade das iniciativas, parcerias, ou marketing adoptados. É o facto de não se terem as mesmas preocupações com manter o clube ganhador e vitorioso que me causa extrema apreensão. Admito mesmo que possa estar a ser algo injusto, mas caramba! Eu quero ver empenho em transformar este clube naquilo que já foi. E as palavras de Fernando Tavares ressoam na minha cabeça, cada vez mais certeiras. Ao invés de termos um projecto de produto, temos um projecto de marca. Para já, em 7 anos (desde o anúncio do KIT Sócio que deu origem a isto tudo) o saldo não é nada positivo para o projecto de marca.

Eu tenho um sonho...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.