origem

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Adeus Tacuara, Imortal do Sport Lisboa e Benfica

O jogador foi-se (apenas mais um, na debandada geral deste defeso), mas a lenda fica. Foram muitos, muitos golos (172 oficiais) desde aquele, já longínquo, mês de Julho de 2007. Cardozo mostrou ao que vinha logo no primeiro encontro, não dando hipóteses num remate de fora da área. E repetiu o feito muitas vezes. Algumas sem que contasse grande coisa para o resultado final, mas em bastantes com a decisão do jogo nos pés. Tantos e tantos jogos que ele nos fez ganhar, com aquele seu jeito meio desengonçado, mas pleno de oportunismo e à matador. 
Antes de Cardozo, penámos e desesperámos 7 longos anos por alguém com as suas características. Todos os anos era a mesma conversa. Falta alguém que as meta lá dentro, que produza golos independentemente de jogar com A ou B. E quando ele chegou, a conversa de muitos benfiquistas passou a ser a de que ele não se mexia, que não aproveita 100% das oportunidades que tinha, que destruía o jogo ofensivo da equipa. Enfim, um monte de barbaridades, de quem dá mais importância à estética do jogo do que à eficácia do mesmo.A este respeito recordo um Benfica vs Sporting de 19 de Setembro de 2010, em que Cardozo nos deu a vitória por 2-0, marcando ambos os golos e inclusivamente falhando um penalty. Nesse jogo Cardozo teve a posse da bola uns insignificantes 10 segundos (!!!), mas foi tempo mais que suficiente para ser o homem do jogo. E este jogo descreve na perfeição quem foi Cardozo ao serviço do Benfica: um avançado que sem ser perfeito, deixou a sua marca.

Agora que Cardozo sai, é tempo de o homenagearmos como merece, recordando os seus golos e as alegrias que nos deu. Após sete épocas, tornou-se no melhor marcador estrangeiro do clube e entrou para o top 10 de marcadores, ao lado de lendas como Eusébio, Nené ou Águas. Também ele é uma lenda do Benfica, e eu sinto-me privilegiado por poder tê-lo visto de manto sagrado ao vivo e a cores.

O meu muito obrigado pelas alegrias e que tenha sorte nesta nova aventura.

Adição 22:06h:
Cardozo é isto! De todas as maneiras e feitios!

 

2 comentários:

  1. Não tenho ídolos. Seja em que actividade estiverem. Mas há pessoas, neste caso atletas, que merecem o meu reconhecimento e aplauso. E um deles é sem dúvida o Tacuara Cardozo. Desejo-lhe toda a sorte do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro F.L.,

      O Cardozo merece tudo de bom. É um dos nossos e embora com os seus defeitos deveria ser acarinhado como poucos. Que pena que vou ter de já não poder cantar "Tenham Cuidado!!!"

      Eliminar

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.