origem

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A partir de agora é a doer

O Benfica teve no último fim de semana uma passagem infeliz (para não dizer outra coisa) por Inglaterra. A planificação desta semana pode levantar algumas criticas com o Benfica a fazer 4 jogos em 5 dias, sem tempo para descanso, depois de uma pré-época desgastante tantos física como mentalmente.
Os resultados são desoladores, mas na pré-época o que conta mais são as rotinas. O que eu noto, é que apesar de algumas boas indicações, que se viram em determinados momentos, o plantel está muito afectado por todas as ausências. Algumas contratações não vieram acrescentar absolutamente nada enquanto outras se vão integrando aos poucos.
É uma equipa totalmente nova, a que se junta a certeza expressa pelo treinador, de que alguns dos ausentes serão peças chave, assim como é necessário ainda ir ao mercado em busca de reforços. As posições apontadas ontem mesmo pelo treinador são as de guarda-redes, médio defensivo e avançado. A ver vamos se vem alguém até final do mês.

De resto, mesmo entre sorrisos, Jesus deixou escapar uma mudança de atitude face ao que era a sua postura anterior. Disse ele, que se saísse Enzo, saíria também. Um aviso à estrutura (esperem, mas não era ele a estrutura?) que deverá ser levado bastante a sério por todos.

Posto isto, que poderemos esperar para o ínicio da competição a sério já no próximo fim de semana? Sinceramente é uma incógnita para mim. Os sinais de preocupação estão lá todos, mas também é verdade que o nível de competitividade do Rio Ave (com o devido respeito) não é o do Arsenal ou do Valência. Pessoalmente desejo o melhor, mas estou preparado para o pior.

PS: Uma nota para Artur. Se já não tinha condições psicológicas de estar na nossa baliza, ontem foi o derradeiro prego no caixão. Uma exibição lamentável coroada com 3 erros, cada qual mais horrendo que o anterior. Para isto mais vale apostar em Paulo Lopes ou Bruno Varela...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.