origem

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Espectativa de sardinha assada no Jamor

É hoje que se decide quem será o primeiro finalista da Taça de Portugal 12/13. Após uma já esquecida primeira mão (dos casos mais ridiculos do futebol português), o Benfica parte em clara vantagem para garantir o passaporte para a referida final. O 2-0 conquistado na Mata Real em Fevereiro passado, dá um conforto razoável para esta segunda mão, mas ninguém pode estar esquecido de que nas mesmíssimas condições, o Benfica perdeu 3-1 em casa com o Porto e foi eliminado em 10/11.
Para este jogo pedem-se duas coisas fundamentais tendo em vista não só este jogo (e a eliminatória), mas também os que se avizinham.
  1. Dar descanso a quem precisa, tendo Garay, Matic, Enzo e Salvio a clara primazia quanto a este aspecto.
  2. Jogar como se a eliminatória estivesse empatada a zero. Há que manter uma atitude competitiva realista, para que não soframos dissabores.

Temos melhores jogadores, melhor equipa, jogamos em casa, estamos em vantagem na eliminatória, temos tudo para chegar à final, mas há que não dormir à sombra de tudo isto. Vamos ter de mostrar em campo que somos melhores e merecemos passar.

Carrega Benfica!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não serão admitidas faltas de respeito ou insultos nos comentários. Seja aos autores dos artigos, seja entre comentadores.
Pense bem antes de escrever.